Cajado e Bacelar aparecem entre os deputados mais viajantes em 2018

Cajado e Bacelar aparecem entre os deputados mais viajantes em 2018
21 janeiro 09:54 2019 Imprimir esta notícia

Os deputados federais realizaram 256 missões oficiais em 2018, com custo de R$ 3,2 milhões em compra de passagens e hospedagens. As informações foram obtidas pelo Poder360 via Lei de Acesso à Informação.

Segundo a reportagem, o número é 45% menor do que no início da legislatura, em 2015, quando foram feitas 569 viagens. Os gastos caíram 71% no mesmo período –em 2015, foram desembolsados R$ 4,5 milhões. A queda pode ser justificada pelo período eleitoral, dado que boa parte dos deputados estavam em campanha pela reeleição. Em outubro, todas as 6 missões realizadas por 18 deputados foram realizadas depois do pleito de 7 de outubro.

Ainda de acordo com o site, os maiores viajantes do ano foram os deputados Cláudio Cajado (PP-BA) e Heráclito Fortes (DEM-PI): foram 8 de cada, seguidos de Antonio Bulhões (PRB-SP) e João Carlos Bacelar (PR-BA) –ambos viajaram 6 vezes em missões no ano.

Grande parte das viagens foram para contemplar eventos da ONU (Organização das Nações Unidas). No mês que antecedeu o pleito de outubro, apenas uma missão foi realizada, pelo deputado Thiago Peixoto (PSD-GO), que foi para Nova York participar da Assembleia-Geral das Nações Unidas entre 24 e 29 de setembro. Ele não se candidatou.

O maior gasto do ano foi na viagem da deputada Maria Helena (MDB-RR) para a Cracóvia, na Polônia, para participar da COP-24 (24ª Sessão da Conferência das Partes da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima). (Agência Brasil)

  Categorias: