Carreta que transporta eucalipto atropela e mata adolescente no centro de Teixeira de Freitas

Carreta que transporta eucalipto atropela e mata adolescente no centro de Teixeira de Freitas
22 abril 14:03 2015 Imprimir esta notícia

Conforme informações levantadas pela Polícia Militar, o adolescente Vítor dos Santos Souza, de 15 anos, que estudava na Colégio Ruy Barbosa, trafegava como carona em uma bicicleta de volta à sua residência, quando na rotatória da antiga Prefeitura, na avenida Presidente Getúlio Vargas, teria se desequilibrado e terminou sendo atropelado por uma carreta Mercedes Benz, cor branca, placa de aluguel OVH-4305, licenciada de Mucuri, com estrutura para transporte de eucalipto, de propriedade da I.W Serviços Agroflorestais Ltda., prestadora de serviços às empresas de celulose e papel da região. O colega de Vitor, que pedalava a bicicleta, teria notado a aproximação do caminhão e pulou.

Após ser abalroado pela carreta o adolescente Vitor teria sido jogado contra o meio fio juntamente com a bicicleta e atingido fortemente na região da cabeça, quando acabou morrendo na hora. Funcionários da Unidade Municipal Materno Infantil (UMMI)), ainda tentaram prestar socorro ao estudante, mas não havia muito o que fazer. A quantidade de sangue notada ao lado do corpo chocou outros motoristas que também passavam pelo mesmo local no momento.

O motorista fugiu e até o início da tarde desta quarta-feira, dia 22, os donos da carreta não tinham informado os motivos de um veículo tão grande e perigoso estar trafegando pela avenida Getúlio Vargas, a principal e mais movimentada de Teixeira de Freitas. Na rotatória onde aconteceu o atropelamento do adolescente, os motoristas desse tipo de veículo precisam fazer verdadeiros malabarismos para implementar a manobra.

E o pior é que não é tão difícil de observar essas carretas, com 20 e até 30 metros de comprimento, trafegando vazias ou carregadas nas ruas centrais de Teixeira de Freitas, atrapalhando o tráfego e provocando acidentes. “Dentro da cidade não existe nenhuma plantação de eucalipto”, reclamava uma testemunha do acidente fatal ocorrido no final da manhã desta quarta, dia 22.

O adolescente morto morava com sua família no bairro Bela Vista, região central da cidade e após constatado o óbito o corpo acabou sendo removida ao IML para exames de necropsia. A partir de agora a polícia quer saber o nome e os motivos que levaram o motorista a fugir do local do atropelamento. (Por Ronildo Brito)

  Categorias: