Casal é preso após assaltar e tentar matar taxista a pedradas

Casal é preso após assaltar e tentar matar taxista a pedradas
05 dezembro 19:10 2015 Imprimir esta notícia

Um taxista de Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia, foi vítima de roubo, seguido de homicídio tentado, na tarde da última quinta-feira, dia 3 de dezmbro. O crime é atribuído a um casal que pegou corrida em Vitória da Conquista e pediu ao taxista que o destino do frete era um local conhecido como Estiva, no interior do município. Chegando ao local anunciado, o casal disse que teria que seguir até uma propriedade mais à frente, a aproximadamente 8 km. O taxista seguiu para onde foi solicitado e logo depois os dois supostos passageiros anunciaram o assalto e iniciaram um violento espancamento contra o profissional.

Segundo informa o site Blitz Conquista, a vítima foi agredida com pedradas, amarrada e colocada no porta-malas do carro. Os criminosos ainda roubaram uma pequena quantia em dinheiro da vítima e fugiram. A vítima foi encontrada caída  por um outro motorista que passava pela estrada de terra. Ele foi liberto, e levado até uma área próxima, com sombra, junto a um cafezal, onde aguardou a chegada da Polícia Militar e de uma equipe de socorristas do SAMU.

Ao mesmo tempo, ainda de acordo com o Blitz Conquista, a PM da cidade vizinha de Barra do Choça foi acionada por uma pessoa que estranhou o fato de um casal entrar em um ônibus no meio da estrada e com manchas de sangue. Assim que chegaram à rodoviária os dois criminosos foram ao banheiro, onde se lavariam, mas antes acabaram sendo abordados pelos policiais, que encontraram a chave do carro com Rogério Cirqueira Lima e Cidicleusa Ramos Brito, além da carteira de bolso e o dinheiro roubado do taxista.

Com a prisão dos acusados os militares levaram marido e mulher ao local onde aconteceu o crime. No local ainda estava sendo atendida a vítima, que mesmo muito ferida, reconheceu os dois criminosos. Rogério e Cidicleusa foram conduzidos e apresentados à Delegacia da Polícia Civil de Barra do Choça DEPOL), onde foram ouvidos e autuados em flagrante por roubo qualificado e homicídio tentado. Os dois permanecem presos à disposição da Justiça. (Por Ronildo Brito / Imagens: Blitz Conquista)

  Categorias: