Chuva, vento e granizo destroem árvores e telhados em Mucuri

Chuva, vento e granizo destroem árvores e telhados em Mucuri

Por Athylla Borborema

A forte chuva de granizo com vento forte que atingiu o município de Mucuri no início da noite desta terça-feira (17/05), provocou estragos na cidade e surpreendeu moradores pelo tamanho das pedras de gelo. A chuva de granizo durou cerca de 5 minutos e o temporal mais forte durou 25 minutos, o bastante para condenar completamente algumas lavouras no interior e na sede, causar o destelhamento de imóveis residenciais e comerciais, arrancar árvores pela raiz, quebrar galhas de árvores antigas e destruir pontos da pavimentação da cidade.

Chuva, vento e granizo destroem árvores e telhados em Mucuri

Além da área rural, o centro da cidade de Mucuri foi impactado, causando estragos, quedas de árvores e falta de energia. A chuva de granizo foi logo no início do temporal, onde muitas ruas do centro da cidade de Mucuri ficaram cobertas de gelo. A informação dos moradores mais antigos, é que há cerca de 20 anos não se presenciava uma chuva de granizo em Mucuri.

Chuva, vento e granizo destroem árvores e telhados em Mucuri

A tempestade veio de forma muito rápida logo após uma sequência de relâmpagos e trovoadas e que não havia alerta prévio no sistema meteorológico. Embora, na manhã de ontem (17), a Colônia de Pescadores e Aquicultores Z-35 de Mucuri já havia soltado um alerta de mau tempo com mar revolto, tanto que no final da tarde desta última terça-feira, dezenas de pescadores, de Mucuri, Nova Viçosa e Conceição de Barra começaram a chegar aos portos com suas embarcações, vindo embora.

Chuva, vento e granizo destroem árvores e telhados em Mucuri

Especialmente na cidade de Mucuri, onde o temporal foi mais forte entre as cidades da região, a chuva de granizo aliada ao forte temporal, destruiu telhados de inúmeras pousadas, casas comerciais e residências, mas não houve nenhum registro de pessoas feridas. A quadra poliesportiva do Colégio Opção, do ensino particular, foi totalmente retorcida com a força do evento. Nas ruas da cidade, árvores quebradas e na sua maioria, arrancadas pela raiz.

Chuva, vento e granizo destroem árvores e telhados em Mucuri

A Prefeitura Municipal de Mucuri começou a agir ainda na madrugada desta quarta-feira (18), onde homens e caçambas começaram limpar a cidade. Operários com motosserra liquidaram as árvores derrubadas pelo temporal e o pessoal da limpeza começou logo a retirar os entulhos das ruas e avenidas com ajuda de caminhões caçambas.

Chuva, vento e granizo destroem árvores e telhados em Mucuri

O forte temporal que atingiu a cidade de Mucuri registrou ventos de mais de 60 km/por hora, com as fortes rajadas e chuva de granizo, quando alguns estragos pela cidade foram registrados, principalmente na pavimentação. Na zona norte da cidade, onde a Prefeitura Municipal está executando obras de recuperação da orla contra a erosão costeira, o temporal destruiu parte das ações. Assim que o temporal perdeu força, equipes da Frente de Trabalho iniciaram de imediato os serviços de limpeza de boa parte de Mucuri.

Chuva, vento e granizo destroem árvores e telhados em Mucuri

No amanhecer do dia, telhados triturados e árvores destruídas já estavam sendo removidas pelas equipes da Secretaria de Obras, Planejamento e Serviços Públicos e da Secretaria de Transporte, Limpeza e Iluminação Pública. Os trabalhos de varrição continuaram durante toda manhã de hoje (18) e seguiram durante todo o dia por todo o município.

Fórum destelhado

Os temporais com fortes rajadas de vento atingiram também as cidades do extremo norte do Estado do Espírito Santo, com estragos registrados nas cidades de Ponto Belo, Montanha e Nova Venécia. A cidade de Mucurici, foi talvez a cidade capixaba mais castigada com a chuva de granizo e vendaval de ontem (17), onde o Fórum Desembargador Gumercino de Souza Mendes foi completamente destelhado, causando enormes estragos no interior da instituição. Segundo a Prefeitura Municipal de Mucurici (ES), foram cerca de 10 a 15 minutos de chuva de granizo. E por causa de um poste de eletricidade que foi derrubado pela força do vento na cidade vizinha de Ponto Belo, o fornecimento de energia foi interrompido na região.

Aposta do interior da Bahia leva R$ 1,28 milhão na Lotofácil

Aposta do interior da Bahia leva R$ 1,28 milhão na Lotofácil

Escolas de Eunápolis são climatizadas com instalação de ar-condicionado

Escolas de Eunápolis são climatizadas com instalação de ar-condicionado