Com 1,5 milhão de seguidores no Instagram, fotos de cães ‘descolados’ viram livro

Com 1,5 milhão de seguidores no Instagram, fotos de cães ‘descolados’ viram livro
23 novembro 13:06 2015 Imprimir esta notícia

O americano Elias Weiss Friedman teve uma ideia em 2013 durante suas férias na Europa. Ele fotografou um cão da raça boxer em Viena e se perguntou a razão de não existir um blog voltado para cães ao estilo do The Sartorialist, um dos mais famosos blogs de moda, que clica pessoas descoladas pelas ruas de Nova York. A partir daí, nasceu o “The Dogist” no Instagram.

Hoje, o The Dogist conta com 1,5 milhão de seguidores no Instagram e também tem páginas no Facebook e Twitter. Após o sucesso também no Facebook e Twitter, foi lançado no final de outubro o livro “The Dogist: Photographic Encounters with a 1,000 Dogs” (Encontros fotográficos com mil cães, na tradução livre).

Um dos truques de Friedman é posicionar a câmera no nível dos olhos do cachorro. Para isso, ele se ajoelha e sempre usa joelheiras para conseguir a melhor foto. Em um dis casos, a foto captura apenas o focinho de um cachorro curioso que resolveu farejar a lente.

Friedman também usa bolinhas e faz barulhos para chamar a atenção dos cães.

E nem só de cães passeando pelas ruas de Nova York que vive o “The Dogist”. Dice, um pitbull de dois anos, foi adotado por intermédio de uma campanha de Friedman, chamada “Give a Dog a Bone” (“Dê um osso para um Cachorro”, em tradução livre).

O fotógrafo entrega pessoalmente doações feitas a cães em abrigos, fotografa-os e posta no The Dogist, para aumentar suas chances de ser adotado e para ajudar e promover os abrigos que cuidam dos animais. (Uol)

  Categorias:

Comente a matéria

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.