Comando Vermelho: “Frajola” é recambiado para o Espírito Santo

Comando Vermelho: “Frajola” é recambiado para o Espírito Santo
17 março 11:58 2019 Imprimir esta notícia

Wladimir Alexandria de Castro, o “Frajola”, de 56 anos de idade, foi preso no fim da manhã de sexta-feira, dia 15 de março, por volta das 11h30, em Medeiros Neto, após uma ação coordenada pelo Núcleo de Homicídio e Tráfico (NHT), serviço especializado da 8ª Coorpin de Teixeira de Freitas.

De acordo com a delegada Valéria Fonseca Chaves, coordenadora da 8ª Coorpin, no início da manhã a Polícia Civil recebeu informação das forças de segurança do Espírito Santo, dando conta que “Frajola”, foragido da justiça capixaba, estava escondido na rua Alagoas, bairro São Bernardo, em Medeiros Neto. Imediatamente do NHT deslocou-se até Medeiros Neto, onde localizou e deu cumprimento ao mandado de prisão expedido pela Justiça do Espírito Santo.

A expectativa inicial era que “Frajola” fosse levado ao Conjunto Penal de Teixeira de Freitas (NHT), até a transferência ao seu estado de origem, mas por ser considerado um criminoso perigoso, uma equipe do Núcleo de Repressão às Organizações Criminosas e Corrupção do Espírito Santo (NUROC), providenciou o recambiamento ainda na manhã deste último sábado (16).

Crimes

Wladimir Alexandria de Castro, oFrajola”, de 56 anos, estava foragido desde o carnaval, quando deixou o cárcere temporariamente e não retornou mais. A polícia diz que o acusado responde pelos crimes de uso de documento falso, roubo, sequestro seguido de morte de um menor de 11 anos no Espírito Santo, além de um latrocínio no estado do Rio de Janeiro.

Pesa ainda contra “Frajola” a acusação do assalto contra a mansão do presidente da FIESP, em São Paulo, em 1984, de onde foram subtraídos milhões de reais e espécie, joias e barras de ouro. A polícia ainda afirma que o homem que estava vivendo livremente em Medeiros Neto é integrante do Comando Vermelho (CV).

Na região

Ele teria se mudado para a região, segundo a polícia capixaba, com o objetivo de montar uma cédula do Comando Vermelho em Porto Seguro, de onde seriam coordenados assaltos contra mansões, sua especialidade e assaltos contra agências bancárias. (Da redação TN)

  Categorias: