Comentário: Uberlândia, a perda da base, as vaias e o “chamem a polícia”

19 novembro 18:22 2015 Imprimir esta notícia

Além dos embaraços contábeis nas suas contas de 2014, a prefeita Uberlândia Pereira passa por um momento conturbado do ponto de vista político em Jucuruçu, já que além da oposição já esperada do vereador Ernandes Rodrigues Jardim, o “Nande” (PSL), perdeu o também vereador Gildeberto Nogueira Lima, “Talim” (PP), que foi para a oposição e a nova oposicionista é a vereadora Jane Lacerda (PDT). Recentemente a gestora chegou chamar a polícia para a população que a vaiava em um evento público.

Ronildo Brito é jornalista, radialista, gestor ambiental, empreendedor digital e editor de política do Teixeira News.

  Categorias: