Corpo de Bombeiros reforça ações preventivas com dicas de segurança neste Carnaval

Corpo de Bombeiros reforça ações preventivas com dicas de segurança neste Carnaval
05 fevereiro 11:09 2016 Imprimir esta notícia

O Corpo de Bombeiros iniciou sua operação no carnaval 2016 nas cidades da Costa das Baleias nesta quinta-feira (04/02), inspecionando todo o circuito da festa, os trios elétricos e os palcos da festa do carnaval de rua da cidade de Caravelas, onde a estrutura foi aprovada. E nesta sexta-feira (05), a vistoria acontece nas cidades de Prado, Alcobaça, Nova Viçosa e Mucuri.

De acordo com o 1º Tenente Milton Borges, comandante do 2º Subgrupamento do 18º Grupamento do Corpo de Bombeiro Militar de Teixeira de Freitas, técnico responsável pela inspeção, iniciativas simples dos municípios podem evitar acidentes e garantir a segurança de todos que participam do Carnaval.

Mas existe também um dos grandes responsáveis pelo aumento das ocorrências e acidentes nesta época carnavalesca que é o comportamento do folião. Por esta razão, o Corpo de Bombeiros da Bahia dá dicas de segurança para que todos aproveitem a folia com toda tranquilidade que se espera.

O 1º Tenente Milton Borges, orienta os foliões que participam de shows, blocos e trios elétricos. “É importante manter distância segura do palco e do veículo do trio elétrico para não correr o risco de atropelamento”, alerta. O ideal seria que os foliões ficassem pelo menos dois metros de distância do caminhão.

Ainda de acordo com as instruções, o folião precisa estar atento para não cair ou trombar em obstáculos, como galhos de árvores, placas de sinalização e localização. Os trios devem ter uma barreira de proteção (guarda-corpo) de 1 metro e 10 centímetros para evitar queda das pessoas de cima dos veículos.

Se houver algum tumulto, a orientação do oficial bombeiro militar é que a pessoa se afaste da aglomeração imediatamente. “Em caso de queda ou atropelamento de alguém, é importante manter a vítima no local e acionar o socorro”, diz o 1º tenente Milton Borges.

Brincar com segurança, procurando ficar perto dos guarda-vidas e sem abusos. Este é o alerta para os turistas que forem aproveitar o Carnaval nas praias do litoral. O Corpo de Bombeiros orienta que o turista deve procurar o guarda-vidas assim que chegar à praia e, se possível ficar próximo a ele. É importante perguntar ao guarda-vidas onde é mais seguro para nadar e quais os riscos do local. Os turistas nunca devem desrespeitar as placas de sinalização que indicam pontos de correnteza no mar.

Os Bombeiros também recomendam para nunca se entrar no mar após ingerir bebida alcoólica, pois o álcool inibe a noção de perigo. Nadar ou brincar no mar depois de comer também não é recomendado, sob risco de congestão. Outra dica é manter-se afastado de pedras e costeiras, que propiciam a formação de correnteza e dificultam o socorro.

“É importante o responsável colocar na criança algum tipo de acessório com identificação”, recomenda o tenente. Em caso de a criança se perder, esse acessório com as informações pessoais facilita a localização dos pais. Ao encontrar uma criança perdida, ela deve ser levada até um agente público de segurança.

Com as crianças, atenção total. Ao chegar à praia, retire com o guarda-vidas as pulseiras de identificação, preencha com nome completo e telefone de contato e coloque no braço da criança. O acessório facilita a localização em caso de perda. Objetos flutuantes como boia e colchão inflável podem causar acidentes nas ondas, pois oferecem a falsa sensação de segurança e podem se perder nas águas.

“Para brincar no mar com segurança, água sempre abaixo da cintura. A frase que ouvimos desde a infância ainda vale: água no umbigo, sinal de perigo”. A última recomendação do 1º Tenente Milton Borges é não ingerir bebida alcoólica se for dirigir. (Por Athylla Borborema)

  Categorias:

Comente a matéria

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.