CPR-ES dá início ao Projeto Kung Fu na Escola em distrito de Teixeira de Freitas

O Comando de Policiamento da Região Extremo Sul (CPR-ES) deu início, na manhã desta sexta-feira (11), ao Projeto Kung Fu na Escola, em Santo Antônio, distrito de Teixeira de Freitas. O evento, realizado na Escola Municipal Nilson Fernandes, contou com a presença de diversas autoridades, incluindo o tenente-coronel Anilton Almeida, representando o coronel Paraíso, comandante do CPR-ES, o major Neto, comandante da 87ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), a major Kelly Ravani, madrinha do projeto e o prefeito do município Marcelo Belitardo (UB).

CPR-ES dá início ao Projeto Kung Fu na Escola em distrito de Teixeira de Freitas

Coordenado e executado pelo cabo da Polícia Militar Odair Evangelista Chaves, pastor da Igreja Assembleia de Deus Atos e doutor em Teologia, o Projeto Kung Fu na Escola foi iniciado e incentivado em 2021 pela Major PM Kelly Ravani, então comandante da 43ª CIPM de Itamaraju. Após assumir o comando da 44ª CIPM, a oficial estendeu o projeto para a cidade de Medeiros Neto. Agora, integra os projetos sociais propostos pelo coronel PM Paraíso para toda a região do extremo sul da Bahia, área de atuação do CPR-ES.

Desde sua criação, o projeto já beneficiou cerca de 900 crianças, sendo requisito essencial que todas estejam matriculadas, mantenham boas notas e tenham bom relacionamento na comunidade. O Kung Fu nas Escolas não apenas promove o ensino da arte marcial chinesa, mas também busca incentivar valores como disciplina, respeito e trabalho em equipe entre os estudantes.

O tenente-coronel Anilton destacou a importância do projeto para a formação integral das crianças e adolescentes, promovendo não apenas a prática esportiva, mas também contribuindo para o desenvolvimento social e acadêmico dos participantes.

O coronel Paraíso tem se manifestado constantemente sobre a importância dos projetos sociais desenvolvidos pela Polícia Militar. Ele destaca que iniciativas como o Projeto Kung Fu nas Escolas desempenham um papel fundamental na prevenção do recrutamento de crianças e adolescentes pelo tráfico de drogas.

“Criar projetos sociais que proporcionem oportunidades, valores e perspectivas diferentes é uma estratégia que vamos fazer uso dela no CPR-ES para afastar os jovens das influências negativas do tráfico”, disse o coronel. “Ao oferecer alternativas construtivas estamos contribuindo diretamente para a construção de uma sociedade mais segura e saudável, ao mesmo tempo estamos oferecendo um caminho positivo para o desenvolvimento dos nossos jovens”, acrescentou, reafirmando o compromisso do CPR-ES em expandir e fortalecer projetos sociais em todo extremo sul.

Arte e literatura consolidaram a 1ª Festa Literária de Teixeira de Freitas

Arte e literatura consolidaram a 1ª Festa Literária de Teixeira de Freitas

Falsa pediatra é presa durante operação policial no sudoeste da Bahia

Falsa pediatra é presa durante operação policial no sudoeste da Bahia