Criança de 10 anos é encontrada em cativeiro com sinais de tortura; pai pode estar envolvido no crime

Criança de 10 anos é encontrada em cativeiro com sinais de tortura; pai pode estar envolvido no crime
07 fevereiro 02:09 2016 Imprimir esta notícia

De acordo com a Polícia Militar, o menino apresentava sinais de tortura com o cabelo parcialmente raspado e escritas pelo corpo com marcas de batom. De acordo com o ‘G1’, a palavra “pilantra” estava escrita na testa do menino.

A polícia chegou ao cativeiro após uma denúncia anônima sobre o sequestro da vítima.

Os militares se dirigiram até o bairro onde a criança havia sido vista pela última vez e, através de informações de testemunhas, conseguiram chegar até o cativeiro, onde a criança foi encontrada com os pés amarrados.

Na casa onde o menino foi encontrado, estavam cinco suspeitos, sendo um casal de adultos e três adolescentes. A vítima tinha as sobrancelhas e os cabelos raspados.

O casal e os três adolescentes foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil junto com celulares e uma pequena porção de droga que foram encontrados no local. Eles prestaram depoimentos na manhã deste sábado (6) e devem responder pelos crimes de lesão corporal, formação de quadrilha, cárcere privado e sequestro.

Pai seria o mandante
Na manhã deste sábado, o casal e os três adolescentes foram ouvidos na delegacia de Uberlândia. De acordo com o ‘G1’, os adolescentes apontaram o pai da vítima como o mandante do sequestro. A investigação da polícia aponta que o menino era usuário de drogas e fazia vários furtos no assentamento onde foi encontrado.

A polícia informou que a vítima trocava mercadorias por drogas entorpecentes e essa teria sido a motivação pelo qual os criminosos teriam sequestrado a criança e a ameaçado de morte. Conforme algumas testemunhas, os crimes cometidos pelo menino estavam atraindo a atenção da polícia da região.

Os adolescentes, entretanto, informaram que o pai teria encomendado o crime soba  alegação de que a família não estaria suportando mais as transgressões da criança. A polícia não descarta o envolvimento do pai da criança no crime, mas afirma que ainda não é possível confirmar a participação dele no sequestro do menino.

O casal foi encaminhado para o Presídio Professor Jacy de Assis. Já os três adolescentes e a vítima foram levados à Vara da Infância e Juventude, onde estarão à disposição da Justiça. (Correio)

  Categorias:

Comente a matéria

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.