Deram “limpa” em residência no Bela Vista e acabaram presos pela PM de Teixeira de Freitas

Deram “limpa” em residência no Bela Vista e acabaram presos pela PM de Teixeira de Freitas
16 janeiro 19:17 2016 Imprimir esta notícia

Na tarde deste sábado, dia 16, por volta das 15h30, após várias diligências, policiais da 87ª Companhia Independente da Polícia Militar de Teixeira de Freitas (CIPM), conseguiram prender Israel Lima Barbosa e kléber Lima Barbosa, que são irmãos e autores de um arrombamento seguido de furto que teve como alvo uma residência no bairro Bela Vista, região central da cidade.

Segundo os policiais que participaram da prisão, os dois pularam o muro dos fundos da casa, quebraram um portão e a porta da cozinha e furtaram do interior do imóvel, uma televisão de 42 polegadas, uma garrafa térmica, três blusões, sete camisas, dois pares de tênis, um aparelho de DVD, um botijão de gás e R$ 600 em espécie. Os produtos foram recuperados, menos o valor em dinheiro.

Após a prisão e apreensão dos produtos furtados os dois acusados acabaram sendo conduzidos à Delegacia da Polícia Civil de Teixeira de Freitas (DEPOL), onde permanecem à disposição da Justiça. Os irmãos vão responder por crime contra o patrimônio. (Por Tyago Ramos)

  Categorias:

Comente a matéria

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.