Disputa por território: Polícia prende dois dos cinco acusados de assassinato ousado em Itamaraju

Disputa por território: Polícia prende dois dos cinco acusados de assassinato ousado em Itamaraju
17 janeiro 10:31 2019 Imprimir esta notícia

Uma ação conjunta das polícias Militar e Civil de Itamaraju, ocorrida nesta quarta-feira, dia 16 de janeiro, resultou na prisão de Roberto Dias de Jesus, o “Robertão”, de 41 anos de idade e Ralf dos Santos Pagotto, 22, integrantes do grupo de um total de cinco homens apontados como responsáveis pelo assassinato de Julivan da Silva Pedreira, de 25 anos, crime ocorrido no início da tarde desta última terça-feira (15), na rua Buerarema, bairro Cristo Redentor, região oeste da cidade.

Horas após o crime uma guarnição da 43ª Companhia Independente de Itamaraju (CIPM), durante diligências, havia apreendido o veículo usado no crime, um Fiat Idea Adventure, de cor vermelha, placa OZC-9648, veículo furtado na cidade do Prado, além de uma motocicleta Honda Bros, de cor vermelha, sem placa e com a numeração do chassi raspada.

Os dois veículos foram localizados numa residência à rua Palmeiras, bairro Novo Prado, onde estava uma adolescente de 17 anos de idade. Ao ser questionada a menor relatou que o carro havia sido deixado no local por seu namorado e admitiu que o mesmo tinha participado do homicídio momentos antes. A motivação do crime, segundo a polícia, seria disputa por território para o tráfico de drogas.

Na tarde desta quarta-feira (16), após oitivas, a delegada Waldiza Fernandes, adjunta de Itamaraju, indiciou os homens presos por homicídio e informou que em posse da identificação dos outros três autores, solicitará a prisão preventiva dos mesmos à Justiça. (Da redação TN)

  Categorias: