Eleição da mesa diretora: Vereadores dizem que perderam pra “máquina” em Itamaraju

Eleição da mesa diretora: Vereadores dizem que perderam pra “máquina” em Itamaraju
12 dezembro 11:51 2018 Imprimir esta notícia

Na tarde desta terça-feira, dia 11 de dezembro, horas após a eleição da mesa diretora da Câmara de Itamaraju para o biênio 2019/2020, o Teixeira News falou com os vereadores Sidney Marcos Fonseca Ramos ‘Marcão da CUT’ (PT), Evando Rodrigues (SD), Egnaldo Fernandes (PSDB) e Izabel Cristina dos Santos Lima ‘Cristina do Regional (SD), sobre os motivos deles não terem conseguido votos que pudessem viabilizar a eleição dos mesmos aos cargos de comando do Legislativo Municipal. Essa chapa, além deles próprios, conseguiu mais um voto do vereador Edson Dias Souza ‘Som de Nova Alegria (PT) e o outro petista que também poderia votar na chapa dos opositores ao prefeito Marcelo Angênica (PSDB), Isaque Ribeiro de Oliveira ‘Super Gil’ (PT), por motivos ainda não explicados, esteve ausente da sessão.

O pronunciamento público dos quatro vereadores ao Teixeira News foi articulado pelo vereador Egnaldo Fernandes, que apesar de ter sido eleito no palanque de Marcelo Angênica e pertencer ao seu mesmo partido, o PSDB, vem adotando uma postura mais independente e agora deve aumentar ainda mais sua fiscalização e críticas à administração municipal.

Falando sobre a eleição ocorrida nesta terça-feira (11), Marcão da CUT, Evando Rodrigues, Egnaldo Fernandes e Cristina do Regional, que disputaram os postos de presidente, 1º secretário, 2º secretária e vice-presidente, respectivamente, disseram que fizeram uma campanha “limpa”, sem oferecimento de vantagens, pelo fato de quererem o Poder Legislativo mais independente do Executivo e fiscalizador das ações da gestão municipal. “Fizemos uma campanha sem dinheiro e perdemos não para uma simples composição política, mas sim, para o peso da máquina”, disse Fernandes.

Os outros três vereadores também seguiram a mesma linha de raciocínio de Egnaldo Fernandes, afirmando que apesar de não terem vencido a disputa pela mesa diretora, saíram fortalecidos do processo. Esses vereadores devem formar um bloco de oposição ao prefeito Marcelo Angênica (PSDB).

Outro lado

Também na tarde desta terça-feira (11) a equipe do Teixeira News falou com os vereadores Adriano Pinaffo (PMDB), Rubens do Hospital (PV) e Luiz Pita (PSD), eleitos presidente, primeiro e segundo secretários, respectivamente e eles disseram que a eleição da nova mesa da Câmara Municipal de Itamaraju, ocorreu de maneira tranquila e “limpa”. “A nossa intenção, assim que assumirmos o comando da mesa diretora a partir de 1º de janeiro de 2019, é unir todos os vereadores, para uma luta comum de ações que possam melhorar a vida dos itamarajuenses. A disputa passou e agora é pensar pra frente”, disse Adriano Pinaffo.

A chapa encabeçada por Pinaffo, que representou a base de apoio ao prefeito Angênica no Legislativo Municipal, venceu a composição da oposição por 9 votos a 5. A chapa vencedora ainda tem Rosineide Cunha ‘Rose da Saúde’ na vice-presidência, Rubens do Hospital (PV) na 1ª secretaria e Luiz Pita (PSD) como 2º secretário. (Por Ronildo Brito)

  Categorias: