Enfermeiro do Hospital Municipal de Itamaraju é vítima de sequestro relâmpago

Enfermeiro do Hospital Municipal de Itamaraju é vítima de sequestro relâmpago
12 janeiro 10:24 2016 Imprimir esta notícia

O fato aconteceu na noite desta segunda-feira, dia 11 de janeiro, no bairro Jaqueira, região leste de Itamaraju, quando três elementos chegaram em um Fiat Uno e renderam o enfermeiro Rodrigo Santiago, que trafegava em seu Crevrolet Vectra, de cor branca, placa JRP-8958. Logo depois um dos sequestradores assumiu a direção, outro sentou-se no bando de trás do Vectra e tomaram rumo ao município de Itabela.

Já na rodovia BR-101, após uma localidade conhecida como “Belisca Bolo”, um bar muito usado por jovens após os eventos festivos ocorridos na cidade, às margens do rio do Ouro, o veículo Vectra furou um dos pneus da frente. O pneu estourou e os criminosos não conseguiram realizar a troca. Quando pararam para realizar a substituição do pneu chegou mais um indivíduo de moto, que dava apoio ao bando.

Apavorados e supostamente temendo a chegada da polícia os sequestradores abandonaram o carro com o enfermeiro dentro e fugiram a bordo do Uno.

Policiais da 43ª Companhia Independente da Polícia Militar de Itamaraju (CIPM), estiveram no local e prestaram socorro à vítima ao Hospital Municipal (HMI), onde o enfermeiro trabalha. No momento do socorro o enfermeiro queixava-se de fortes dores no pescoço, supostamente pelo violência dos bandidos, que a todo o tempo ficaram com uma arma apontada para a cabeça de Rodrigo Santiago.

Não foi informado se os criminosos roubaram alguma quantia em dinheiro da vítima, que na manhã desta terça-feira, dia 12, ainda em estado de choque, afirmou que por todo o tempo pensou que ia morrer. “Não tem como não pensar na morte, quando pessoas desconhecidas e violentas ficam com uma arma apontada para sua cabeça e pescoço”, disse. (Por Ronildo Brito e Lênio Cidreira)

  Categorias:

Comente a matéria

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.