‘Erramos, mas acertamos muito mais’, diz Lula em programa do PT

‘Erramos, mas acertamos muito mais’, diz Lula em programa do PT
23 fevereiro 10:35 2016 Imprimir esta notícia

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva falou em propaganda do PT que foi divulgada nesta terça-feira (23) admitindo erros do partido, mas afirmando que os acertos foram maiores. O vídeo começa questionando o “ódio” ao PT, especialmente em um momento de crise.

“Somos o país que mais resolveu as desigualdades. Quem diz isso é a ONU. É isso no fundo que incomoda essa gente (…) É verdade que erramos, mas acertamos muito mais. E podemos acertar muito mais ainda”, afirma Lula, na propaganda partidária, sem entrar em detalhes sobre quais seriam os erros citados.

Suspeitas específicas e investigações da Operação Lava Jato não são citados no vídeo, que tem 10 minutos de duração. A crise é apontada como uma coisa momentânea e as conquistas do PT são destacadas. Lula é defendido. Os apresentadores dizem que o ex-presidente é alvo de “ataques”.

“Agora atacam e caluniam o presidente Lula. Desrespeitam todas as regras. Tentam manchar sua história. Preconceituosos que não querem aceitar suas ideias e suas origens. As privações, a privacidade invadida. Tudo isso passa. Lula, você permanece sendo a voz de um país forte (…) Você tem respeito, amor e morada definitiva”, diz a propaganda partidária.

A presidente Dilma Rousseff não aparece na propaganda – segundo o presidente do PT, Rui Falcão, ela foi convidada, mas preferiu não participar.

A crise deve ser vencida com “união”, diz a propaganda. “Não é hora de defender bandeiras que nos separam. Hora é de reunir forças para fortalecer o Brasil. Por que tanto ódio e intolerância contra um partido nesse momento, em que se precisa de união?”, diz o locutor.

Populares aparecem lembrando outros momentos que o Brasil enfrentou crise econômica e que este momento ruim atual seria uma fase. “É trabalhar. Vamos trabalhar”, dizem. (Correio)

  Categorias:

Comente a matéria

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.