Ex-policial militar morre em confronto com a Cipe-Mata Atlântica no interior do Prado

Ex-policial militar morre em confronto com a Cipe-Mata Atlântica no interior do Prado
05 novembro 19:35 2018 Imprimir esta notícia

O ex-policial Paulo Sérgio Carmo Pereira, de 44 anos de idade, que foi excluído da corporação por acusação de envolvimento em delitos, inclusive tendo registrado várias passagens por diversos crimes, morreu no fim da noite deste último domingo (4), por volta das 23h, após confrontar com militares da Cipe-Mata Atlântica em Pau Rancado, interior do Prado.

Os policiais dizem que estavam fazendo patrulhamento na zona rural do Prado e quando aproximaram-se da comunidade, avistaram o suspeito caminhando na lateral da estrada, que teria tentado esconder algo que portava. Logo depois, ainda segundo relatos da guarnição, o acusado embrenhou-se no mato, não atendendo a ordem de parada e ainda efetuando disparos contra os policiais, que revidaram.

Logo após que cessaram-se os tiros os policiais encontraram o ex-policial militar ferido e apesar de o mesmo ter sido socorrido à Unidade de Pronto Atendimento do Prado (UPA), acabou não resistindo e veio a óbito. Após guia expedida pela Polícia Civil o corpo foi removido ao IML de Itamaraju.

Com Paulo Sérgio Carmo Pereira, de 44 anos, os militares apreenderam um revólver calibre 32, da marca Rossi, com quatro cartuchos deflagrados e dois picotados, 20 buchas e duas porções maiores de maconha, além de uma pedra de  crack.

As investigações em torno do ocorrido seguem a cargo do delegado Kleber Gonçalves, titular da Polícia Civil no município do Prado. (Da redação TN)

  Categorias: