Falta do cinto de segurança pode ter sido a causa de morte de criança em acidente na BR-101, entre Itabatã e Teixeira de Freitas

Falta do cinto de segurança pode ter sido a causa de morte de criança em acidente na BR-101, entre Itabatã e Teixeira de Freitas
31 outubro 18:32 2015 Imprimir esta notícia

A divulgação dos laudos com a conclusão dos exames periciais pode demorar até 30 dias, mas como o bebê foi arremessado para fora do veículo, acredita-se que a falta do cinto de segurança no carrinho, mais chamado de bebê conforto, pode ter culminado na fatalidade.

Aparentemente quatro pessoas estavam no veículo, mas apenas a criança, que foi arremessada, acabou morrendo. O corpo do bebê ficou no meio da pista, enquanto o carro terminou parando numa ribanceira.

Informações dão conta que os ocupantes do veículo saíram de Itabatã, distrito de Mucuri e vinham para Teixeira de Freitas, quando o motorista perdeu o controle da direção e o carro capotou e desceu a ribanceira.

Os feridos foram socorridos para hospitais da região e o corpo  da criança, que não teve nome e idade revelados, terminou removido ao IML de Teixeira de Freitas para exames de necropsia. (Da redação TN)

  Categorias: