Famílias de empresários assassinados fixam outdoor e pedem justiça em Teixeira de Freitas

Famílias de empresários assassinados fixam outdoor e pedem justiça em Teixeira de Freitas
23 fevereiro 19:12 2016 Imprimir esta notícia

Para quem passa na avenida Getúlio Vargas, a mais movimentada de Teixeira de Freitas, visualiza nesses últimos dias um grande outdoor, com mensagem de protesto e pedido de justiça em virtude da morte dos empresários Vitor Aguiar e Moisés Pereira, ambos abatidos a tiros em Teixeira de Freitas.

O jovem empresário Vitor Aguiar Antônio, de 30 anos, morreu com um tiro no lado do peito, crime ocorrido na madruga de 19 de dezembro de 2015, quando o mesmo participava de uma confraternização em companhia de amigos numa de suas casas no bairro Universitário, na região sul teixeirense.

Já o também empresário Moisés Pereira, mais conhecido como “Moisezão”, amigo de Vitor Aguiar, acabou assassinado três dias depois, em 22 de dezembro de 2015, nas imediações do trevo de acesso ao perímetro urbano de Teixeira de Freitas.

O acusado de efetuar o disparo fatal em Vitor, chegou a ser preso, mas recentemente foi beneficiado pela Justiça e responde à acusação em liberdade. Em relação ao crime de “Moisezão” ninguém foi preso até o momento.

“Vocês não serão somente uma estatística. Os tiros que os acertaram, atingiram os corações de todos os familiares e amigos. Justiça seja feita! Cadê a segurança pública da Bahia?”, diz a mensagem do outdoor, que é assinada por Rose Aguiar (mãe de Vitor) e família. (Por Ronildo Brito)

  Categorias: