Funcionária de hospital que estava desaparecida é encontrada morta em Eunápolis; ex-marido suspeito comete suicídio

Funcionária de hospital que estava desaparecida é encontrada morta em Eunápolis; ex-marido suspeito comete suicídio
02 janeiro 17:29 2016 Imprimir esta notícia

O corpo da funcionária pública Maria José, de 32 anos, foi encontrado na manhã deste sábado (2), com marcas de tiro, em uma localidade conhecida como “Ponto Chique”, distante cerca de 9 quilômetros de Eunápolis. Ela estava desaparecida desde o período da tarde de sexta-feira, dia 1º.

O principal suspeito do assassinato é Arlindo Jorge dos Santos, ex-marido da vítima, que segundo a polícia cometer suicídio por enforcamento, após ter assassinado Maria José.  A polícia acredita em crime passional, já que Arlindo não aceitava o fim do relacionamento.

Com o achado o corpo acabou sendo encaminhado ao Departamento de Polícia Técnica de Eunápolis (DPT), para exames de necropsia.

Maria José, que trabalhava no Hospital Frei Ricardo, na própria cidade de Eunápolis, deixou dois filhos. (Informações: Bahia Dia a Dia)

  Categorias:

Comente a matéria

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.