Fundador da Catuense morre duas semanas após acidente de carro

Fundador da Catuense morre duas semanas após acidente de carro
07 fevereiro 02:07 2016 Imprimir esta notícia

Morreu na manhã deste sábado (6) o empresário, dirigente esportivo e político Antônio Pena, 86 anos. Nascido na vizinha São Sebastião do Passé, foi prefeito de Catu duas vezes, dono da viação Catuense, mas tornou-se conhecido mesmo por ter sido fundador da Catuense, clube que revelou grandes jogadores do futebol baiano e brasileiro, como Bobô, Sandro, Luiz Henrique, Vandick, Zanata e Naldinho, os dois primeiros campeões brasileiros pelo Bahia em 1988.

Seu Pena, como era chamado, estava internado no Hospital São Rafael após sofrer um acidente de carro no dia 22 de janeiro. Por ironia do destino, a causa do acidente foi uma das suas grandes paixões: a Catuense Futebol S/A, clube fundado por ele em 1974. O ônibus do time juvenil estava quebrado na rodovia entre os municípios de Catu e São Sebastião do Passé, e Antônio Pena pegou o seu carro particular para ir ajudar. Ao fazer uma manobra, foi atingido por uma carreta. Após duas semanas em coma, não resistiu.

O enterro será realizado no domingo (7), às 10h, no cemitério municipal de Catu. A diretoria da Catuense pede que os presentes usem as cores do clube (amarelo e vermelho) como forma de homenagem.

Bobô exalta as virtudes do ex-dirigente. “Qualquer tipo de homenagem para esse grande homem é pouco. Perdemos um grande amigo,  uma figura dessa a gente tem como segundo pai. Era paizão, era amigo, era parceiro. Além disso, depois participava da sua vida com ideias, com sugestões. Quem teve o privilégio de ter seu Pena não só como dirigente, mas como amigo, sabe a importância dele. Ele foi me buscar em Senhor do Bonfim na casa dos meus pais. Vandick, ele foi (buscar) em Coité; Sandro a mesma coisa, ele foi em Itabuna. Ele ia em casa conversar com os pais da gente. Não tem mais isso hoje”, disse o ex-jogador e hoje deputado estadual (PCdoB).

A Prefeitura Municipal de Catu, o Bahia, o Galícia e a Federação Bahiana de Futebol (FBF) emitiram nota oficial de luto pelo falecimento de Antônio Pena, que deixa viúva Maria Pena, quatro filhos e nove netos, entre eles o atual presidente da Catuense, Roberto Pena. A FBF decretou luto de três dias e um minuto de silêncio nos jogos da segunda rodada do Campeonato Baiano, que começa na Quarta-feira de Cinzas. (Informações: Correio)

  Categorias:

Comente a matéria

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.