Governo do Estado convoca empresas para fazerem parte do Parque Tecnológico

Governo do Estado convoca empresas para fazerem parte do Parque Tecnológico
26 janeiro 09:34 2016 Imprimir esta notícia

Para selecionar empresas de base tecnológica que desenvolvam atividades de pesquisa, desenvolvimento e inovação no Tecnocentro Bautista Vidal, localizado na Avenida Paralela, a Secretaria Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado (Secti) lançou na manhã desta sexta-feira (25) um edital de convocação, disponível no site do órgão.

De acordo com o titular da Secti, Manoel Mendonça, uma série de vantagens é oferecida às empresas que se instalam no Parque Tecnológico da Bahia. “O Tecnocentro tem toda uma infraestrutura voltada para a inovação. Tem escritórios, por exemplo, de propriedade intelectual, núcleos de inovação tecnológica, centros de pesquisa, além de um conjunto de pequenas empresas que chamamos de incubadoras. Nossa ideia é fazer com que elas interajam com as grandes empresas, que façam inovação. Do ponto de vista organizacional, esta é a grande vantagem”.

O coordenador do Parque Tecnológico da Bahia, Péricles Magalhães, explicou que o edital é voltado a empresas locais, nacionais e até de fora do país, que atuam no mercado há algum tempo. “O primeiro passo [que as empresas devem dar] é ler o edital, lá está tudo explicado, como o tipo de empresa [que procuramos], as áreas de atuação que temos preferência. Biotecnologia e saúde, energia e engenharias, tecnologia da informação e comunicação, são as áreas principais”.

Na opinião de Bruna Basso, representante da Labwin, empresa de instalação e manutenção de softwares que já faz parte do Tecnocentro, o apoio do poder público para as empresas desenvolverem suas pesquisas tem sido fundamental. “A vantagem [de as empresas] estarem encubadas aqui é toda a estrutura tecnológica, o contato com outras empresas e toda a base de estrutura para a empresa realmente se desenvolver. Desde consultorias, [até] projetos que vamos galgando em parceria. Então, é bem interessante, uma parceria bem consolidada”.

A chamada pública receberá propostas até 28 de março e os resultados serão apresentados no dia 11 de abril. Representantes de empresas de outros estados já  demonstram interesse em se instalar no Parque Tecnológico e estiveram na capital baiana para o lançamento do edital de convocação. Entre eles, Carlos Poggio, sócio da empresa Safari e Mobbiz, do estado de São Paulo. “Viemos conhecer a proposta e, de repente, pensar em abrir aqui uma ‘start up’ para desenvolvimento de tecnologia, porque a nossa área é exatamente voltada para mobile”. (Da redação TN)

  Categorias:

Comente a matéria

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.