Homem atacado a golpes de garrafa não resiste e morre no Hospital Municipal de Itamaraju

Homem atacado a golpes de garrafa não resiste e morre no Hospital Municipal de Itamaraju
Vítima ainda chegou a receber os primeiros atendimentos, mas não resistiu / Foto: Cocobongo
29 fevereiro 17:03 2016 Imprimir esta notícia

Não resistiu aos graves ferimentos que sofrera em várias partes do corpo e morreu na madrugada desta segunda-feira, dia 29 de janeiro, no Hospital Municipal de Itamaraju (HMI), Denilson Rodrigues Viana, morador de rua. Ele foi atacado a golpes de garrafa na noite do domingo (28).

Os médicos disseram que Denilson, mais conhecido como “Som”, ainda chegou a receber os primeiros atendimentos, mas seu quadro clínico agravou-se e na madrugada acabou não resistindo e morreu em virtude das hemorragias provocadas pelos golpes. Autoria e motivação do crime seguem desconhecidas.

Na manhã desta segunda-feira (29), o corpo da vítima foi removido ao Instituto Médico Legal Nina Rodrigues de Itamaraju (IML), onde será necropsiado após o comparecimento de algum membro de sua família. Ainda não foi informado se “Som” possuía algum parente na região. O homicídio está sendo investigado pela delegada Rosângela Santos. (Por Ronildo Brito)

  Categorias:

Comente a matéria

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.