Homem é assassinado a golpes de marreta em Lajedão; assassinos são presos e apreendidos

Homem é assassinado a golpes de marreta em Lajedão; assassinos são presos e apreendidos
22 março 01:32 2016 Imprimir esta notícia

O crime aconteceu na madrugada do último sábado, dia 19 de março, por volta das 2h30, na praça Plínio Dantas, no centro de Lajedão e a vítima foi um homem de prenome Germano, mais conhecido por “Galego”, atacado com golpes de marreta na cabeça, enquanto dormia na carroceria de um caminhão.

Instantes depois os policiais militares do Pelotão de Lajedão foram ao local e prenderam dois acusados de envolvimento no crime. Lucélio Ferreira de Souza e Alcides Oliveira Souza Filho foram encontrados nas imediações de onde aconteceu a execução e em seguida foi apreendido um menor de idade.

Após ser golpeada a vítima foi socorrida a um posto de saúde de Lajedão e mais tarde, em estado grave, acabou sendo transferida ao Hospital Municipal de Medeiros Neto (HMMN), onde acabou não resistindo e veio a óbito.

Questionados os dois maiores presos, bem como o menor apreendido, apontaram outro menor de 16 anos, que também teria participado do assassinato, esse que terminou detido durante o dia do sábado (19).

marretad1Perguntados sobre a motivação do ataque os acusados contaram que Germano acusou Lucélio de ter furtado alguns pertences dele e para vingar-se da acusação, ele e um dos menores, tramaram a morte da vítima. Após baterem em Germano, Lucélio teria desferido duas marretadas em sua cabeça e o infrator uma. Alcides teria ficado dando “cobertura” ao bando durante o crime.

Os dois maiores foram apresentados à sede da 8ª Coorpin de Teixeira de Freitas, onde foram ouvidos pelo delegado Charlton Fraga, responsável pelo plantão regional durante esse último final de semana e terminaram indiciados por homicídio. Em relação aos menores foram lavrados autos de apreensões em desfavor dos mesmos e os dois serão apresentados nos próximos dias ao Ministério Público.

O corpo de Germano, o “Galego”, foi removido ao Departamento de Polícia Técnica de Teixeira de Freitas (DPT), necropsiado e logo depois liberado aos familiares para velório e sepulto. O crime chocou os moradores da pacata cidade de Lajedão. (Por Ronildo Brito / Imagens: Medeiros Dia a Dias)

  Categorias:

Comente a matéria

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.