Homem que aparece em vídeo surrando filha de 3 anos é preso em São Paulo

Homem que aparece em vídeo surrando filha de 3 anos é preso em São Paulo
31 dezembro 08:57 2015 Imprimir esta notícia

As imagens são tão violentas, que tornaram-se impublicáveis. Mas após grande repercussão nas redes sociais, a Polícia Civil prendeu na noite desta quarta-feira (30) o vigilante de 31 anos que agrediu a filha de 3 anos em Franco da Rocha, na Grande São Paulo. No vídeo que circulou nas redes sociais o homem aparece surrando violentamente a criança, usando o seu próprio cinto.

De acordo com a delegacia seccional de Franco da Rocha, o homem foi preso na cidade vizinha de Francisco Morato, por volta das 22h, depois que a Justiça emitiu um mandado de prisão temporária contra ele. Ele foi levado para a Delegacia de Investigações Sobre Entopercentes (Dise) de Franco da Rocha.

A mãe registrou as imagens e levou o vídeo para a polícia em 15 de dezembro. Ela disse que o pai chegou a enrolar o cinto no pescoço da criança, segundo informações de policiais. No boletim de ocorrência não consta o motivo da agressão. A mãe contou na delegacia que ele já havia agredido a menina em outras ocasiões, por isso decidiu filmar.

Em um momento do vídeo, o homem questiona a mãe por ela estar gravando e ela responde: “vou mesmo, vou gravar”. No início da filmagem, que dura 25 segundos, ele reclama que a menina está chorando. (Da redação TN)

  Categorias:

Comente a matéria

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.