Identificados: Dois morrem ao confrontar com policiais militares de Teixeira de Freitas

Identificados: Dois morrem ao confrontar com policiais militares de Teixeira de Freitas
18 outubro 20:22 2018 Imprimir esta notícia

Alan Santos de Jesus, o “Alanzinho”, de 23 anos, que era foragido da Justiça de Alcobaça desde maio de 2017 e Rui Harlesson Muniz de Medeiros, 21, que tinha várias passagens pela polícia, morreram no fim da manhã desta quinta-feira, dia 18 de outubro, durante uma troca de tiros com militares do Pelotão de Emprego Tático Operacional (PETO), da 87ª Companhia Independente de Teixeira de Freitas.

alanzinhod1Os policiais dizem que foram informados que dois criminosos armados estariam no interior de uma residência localizada à rua Endira Gand, no bairro Liberdade Sul, quando deslocaram-se ao local e fizeram um cerco ao imóvel. Durante a tentativa de rendição dos suspeitos, de acordo com os policiais, eles foram recebidos a tiros e revidaram, acertando os acusados, que apesar de terem sido socorridos ao Hospital Municipal de Teixeira de Freitas (HMTF), acabaram não resistindo e vieram a óbito.

Na ficha criminal dos dois mortos consta histórico de envolvimento em homicídios, tráfico de drogas, assalto e ameaças aos moradores da comunidade de São José de Alcobaça, onde um deles morava. A polícia acredita que os acusados estavam planejando algum crime em Teixeira de Freitas ou na região.

Com os homens mortos os policiais apreenderam dois revólveres calibre 38, sendo um municiado com cinco cartuchos deflagrados e o outro com três deflagrados e três intactos. Os corpos foram removidos ao Departamento de Polícia Técnica (DPT), enquanto a Polícia Civil abriu inquérito policial para apurar oficialmente o caso. (Da redação TN)

  Categorias: