Jovens de Conquista recebem ações de inclusão e reinserção social

Jovens de Conquista recebem ações de inclusão e reinserção social
31 janeiro 11:14 2016 Imprimir esta notícia
Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia, terá uma Comunidade de Atendimento Socioeducativo para adolescentes em cumprimento de medidas de internação e internação provisória. O governador Rui Costa assinou, nesta sexta-feira (29), a autorização para a licitação do equipamento.
A solenidade foi realizada durante a entrega da Praça Centro de Artes e Esportes Unificados J.Murilo, quando o governador também entregou um sistema de abastecimento de água que vai atender às localidades de Barroca, Vereda e Cabaceira, beneficiando cerca de 1.800 moradores. Antes, ele inaugurou a Farmácia da Família, orçada em R$ 160 mil.
“Chego aqui e encontro essa praça, construída pela Prefeitura, com biblioteca, sala de cinema, equipamentos de esporte e com um Cras [Centro de Referência de Assistência Social]. Vou cobrar o mesmo padrão desta praça na construção da Comunidade de Atendimento, que vai receber R$ 22 milhões em investimento, sendo R$ 2,7 milhões de contrapartida do Estado e o restante do governo federal”, afirmou Rui.
Para o secretário nacional de Promoção dos Direitos da Criança e do Adolescente, Rodrigo Torres, os equipamentos são um exemplo de cuidado com a juventude. “A gente combate a violência dando alternativas de sucesso à população, como a unidade socioeducativa que vai ser construída, e dando oportunidade aos adolescentes de se reintegrarem à sociedade”.
Ainda em Vitória da Conquista, o governador visitou as instalações do Centro Integrado dos Direitos da Criança e do Adolescente. “O centro reúne em um só lugar toda a assistência a um jovem, seja da Promotoria, do Conselho Tutelar, Defensoria e Juizado. É um exemplo a ser reproduzido em muitos municípios da Bahia. Vou sugerir que todo prefeito visite este núcleo, que é uma referência para acolher e dar carinho às nossas crianças”, explicou.
ceudEncontro com estudantes  
Em seguida, Rui assistiu a apresentações culturais de teatro, capoeira e música dos estudantes do Colégio Estadual Camilo de Jesus Lima. A escola se envolve em diversos projetos estruturantes da Secretaria da Educação, a exemplo de Artes Visuais Estudantis (Ave), Festival Anual da Canção Estudantil (Face), Tempos de Artes Literárias (Tal) e Jogos Estudantis da Rede Pública (Jerp), além de desenvolver iniciativas como Feira de Ciências, Bienal Eliseu Sena, Novembro Negro, Resgate às Culturas Populares, gincanas e palestras sobre a família.
Rui avalia que não há maneira melhor para o governador tomar as decisões do que conhecer cada escola, conversar com alunos, pais, professores e diretores. “Eu tenho feito uma peregrinação para motivar a comunidade escolar e o envolvimento da família com a educação. Quando se tem esse envolvimento, é muito mais fácil melhorar os indicadores educacionais. Por isso, estou fazendo essa caravana para distribuir entusiasmo e pedir que as pessoas se apaixonem pela educação”. (D redação TN)
  Categorias:

Comente a matéria

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.