Juíza proíbe governo de retirar radares das rodovias federais

Juíza proíbe governo de retirar radares das rodovias federais
11 abril 11:33 2019 Imprimir esta notícia

A juíza federal Diana Wanderlei, de Brasília, proibiu o governo de retirar medidores de velocidade nas rodovias federais. A medida foi determinada numa ação popular contra decisão de Jair Bolsonaro, anunciada no mês passado, de suspender a instalação de novos radares e reduzir a quantidade de equipamentos instalados. Em caso de descumprimento, o governo será multado em R$ 50 mil por dia para cada unidade retirada. Cabe recurso.

No dia 1° de abril, o Ministério da Infraestrutura informou que suspendeu a instalação de radares em rodovias federais não-concedidas à iniciativa privada após ordem do presidente Jair Bolsonaro. De acordo com o ministério, a suspensão foi feita pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), autarquia vinculada à pasta.

O governo não informou, contudo, o valor dos contratos, os locais onde os radares seriam instalados, nem o número de equipamentos. (Fonte: O Antagonista)

  Categorias: