Júri popular: Índios que mataram produtor rural são condenados a 16 e 18 anos

Júri popular: Índios que mataram produtor rural são condenados a 16 e 18 anos
19 fevereiro 21:04 2016 Imprimir esta notícia

Dois índios da etnia Pataxó, acusados de assassinar e ocultar o cadáver do produtor rural Raimundo Domingues Santos, de 52 anos, crime ocorrido numa fazenda próxima ao povoado de Montinho, da divisa entre Itabela e Porto Seguro, foram submetidos a júri popular na última quarta-feira, dia 17 de fevereiro, quando acabaram condenados. O julgamento ocorreu num tribunal do júri montado no plenário da Câmara de Vereadores de Eunápolis.

Lourisvaldo da Conceição Braz foi condenado a 18 anos de prisão, enquanto Valtenor Silva do Nascimento recebeu condenação de 16 anos. Lourisvaldo continua cumprindo pena no Presídio de Eunápolis e já Valtenor vai ficar em liberdade, pois o mesmo havia conseguido um habeas corpus no Tribunal Regional Federal, em Brasília, que atendeu recurso impetrado pela Fundação Nacional do índio (FUNAI).

Na denúncia do Ministério Público Federal (MPE), tese aceita pelo conselho de sentença, o fazendeiro Raimundo, que havia tido a sua propriedade invadido pelos Pataxó, desapareceu no dia 9 de agosto de 2014 e até os dias atuais o corpo dele não foi localizado. O crime teria sido motivado por vingança e ocorrido na Fazenda Brasília, zona rural de Porto Seguro, nas imediações do Parque Nacional do Monte Pascoal.

Lourisvaldo da Conceição Braz e Valtenor Silva foram condenados pelos crimes de sequestro, cárcere privado, homicídio qualificado, ocultação de cadáver e destruição de patrimônio alheio. O veículo de Raimundo foi encontrado destruído numa área alagada da Fazenda Brasília, palco dos crimes.

Ele havia ido à propriedade a convite de um cacique, para retirar pertences de sua fazenda, momento que teria sido emboscado e morto. A família de Raimundo, logo após o julgamento, relatou que a condenação dos dois índios era um alívio para todos, apesar de ainda estarem revoltados com a liberdade de um deles. O recurso em favor de Valtenor deve ser julgado nos próximos meses pelo TRF. (Por Ronildo Brito)

  Categorias:

Comente a matéria

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.