Justiça marca depoimento de mãe de Geddel sobre os R$ 51 milhões

Justiça marca depoimento de mãe de Geddel sobre os R$ 51 milhões
08 janeiro 09:31 2019 Imprimir esta notícia

A Justiça Federal de Brasília marcou o depoimento de Marluce Vieira Lima no processo do bunker de R$ 51 milhões, encontrado em um apartamento de Salvador ligado à sua família. A matriarca dos irmãos Vieira Lima irá prestar depoimento no dia 15 de fevereiro.

Marluce é mãe do ex-ministro preso Geddel Vieira Lima e do deputado federal não reeleito Lúcio Vieira Lima, ambos do MDB da Bahia. A matriarca e os filhos respondem pelos crimes de lavagem de dinheiro e associação criminosa.

Segundo a Procuradoria Geral da República (PGR) ao G1, os R$ 51 milhões têm como possíveis origens: propinas da construtora Odebrecht; repasses do operador financeiro Lúcio Funaro; e desvios de políticos do MDB. A Procuradoria também apura se uma parte do dinheiro corresponde a salários de assessores que, segundo a Polícia Federal, era devolvido aos irmãos.

Responsável por marcar o depoimento, o juiz Vallisney de Oliveira, da 10ª Vara Federal de Brasília, considerou o prazo fixado por atestado médico apresentado pela defesa. Marluce Vieira Lima não compareceu ao interrogatório no Supremo Tribunal Federal, marcado para 30 de outubro do ano passado, alegando motivos de saúde, mas agora, será ouvida por videoconferência. (Da redação TN)

  Categorias: