Manifestantes fazem o maior ato público em defesa de Lula e do governo Dilma em Teixeira de Freitas

Manifestantes fazem o maior ato público em defesa de Lula e do governo Dilma em Teixeira de Freitas
19 março 12:46 2016 Imprimir esta notícia

Milhares de pessoas saíram às ruas e avenidas do centro de Teixeira de Freitas na tarde desta sexta-feira (18/03), no maior ato público já realizado desde que a crise política começou no planalto em defesa do ex-presidente Lula e da presidente Dilma.

atod7Os manifestantes gritaram palavras de ordem e exibiram cartazes contra o modo que o juiz federal Sérgio Moro vem conduzindo as investigações da Lava-Jato. Para os manifestantes o magistrado virou partidário e não possui mais condições de presidir as investigações.

atod6Em Teixeira de Freitas os manifestantes protestaram utilizando trios elétricos e faixas contra o atual rito estabelecido pelas autoridades da operação Lava-Jato e expressaram palavras de ordem em favor do governo Dilma. Os organizadores estimaram 4 mil manifestantes no ato. Segundo a PM, eram apenas 1.800 manifestantes.

atod5Manifestantes fizeram um ato pela luta do direito dos trabalhadores, defesa da democracia e contra o golpe. O protesto começou por volta das 16h e terminou no início da noite. Os manifestantes levaram balões, faixas e cartazes contra o pedido de impeachment e gritavam palavras de ordem em defesa do mandato da presidente.

atod4Muitas bandeiras de partidos políticos como do PT e do PC do B também foram levadas. Entre as faixas, muitas pediam a saída do presidente da Câmara, Eduardo Cunha. A expressão “não vai ter golpe” esteve em cartazes e em gritos dos manifestantes, em coro. Além de Cunha, o juiz Sérgio Moro, responsável pela Lava Jato, foi muito criticado. Alguns o chamavam de ditador.

atod3Os atos foram organizados pela Central Única dos Trabalhadores, Movimento dos Sem Terra, PT, PC do B e outros movimentos sociais e organizações políticas. Segundo os organizadores, os atos foram em apoio à democracia, ao governo Dilma Rousseff e ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

atod2Os manifestantes saíram pelas Avenidas Presidente Getúlio Vargas e Marechal Castelo Branco exibindo cartazes e carregando uma bandeira gigantesca das cores do Brasil. A manifestação foi organizada sob o tema “Todos em defesa da Democracia e contra o golpe”. Foi uma mobilização de apoio ao governo Dilma Rousseff e contra o impeachment.

atod1“Eu espero que seja uma lição para aqueles que não acreditam na capacidade do povo brasileiro. Eu espero que seja uma lição para aqueles que nos tratam como cidadão e cidadã de segunda classe. Espero que aqueles que nos enxergam como inimigos e querem nos tirar todas as garantias trabalhistas e prerrogativas sociais que conquistamos nos últimos 13 anos respeitem a nossa força. Democracia não é um direito morto. O povo não quer que a democracia seja apenas uma palavra escrita”, disse Irailton Soares, militante histórico do MST e do PT.

atodO líder agrário José Mendes Mota, da direção estadual do MST – Movimento dos Sem Terra, que participou do manifesto em Teixeira de Freitas, explanou ao público que a direita não aceitou o resultado das urnas, o que ele chama de “derrota do projeto conservador” e tenta o golpe a qualquer preço, usando todo tipo de artifício, se referindo a parte da mídia, integrantes do poder judiciário e parte de membros do congresso nacional, dizendo que os atos atuais constituem hoje como uma parte dos inúmeros ataques que vem sofrendo a Constituição Federal. “Não há contra a presidenta Dilma Rousseff qualquer denúncia a respeito de sua conduta moral e ética que justifique o impedimento do mandato popular conquistado por ela nas últimas eleições”, disse Mendes. (Por Athylla Borborema).

  Categorias:

Comente a matéria

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.