Marido é morto ao ser flagrado com suposta amante

Marido é morto ao ser flagrado com suposta amante
16 janeiro 13:43 2016 Imprimir esta notícia

Alzamira Damasceno Santos, de 26 anos, a Mirinha, é procurada pela Polícia Civil desde esta sexta-feira, 15. Ela é suspeita de ter matado a facadas o companheiro, o pedreiro Inocêncio Ferreira de Oliveira Neto, 19, o Netinho.

O crime ocorreu por volta das 6h desta sexta, dia 15, dentro da casa do casal, na Travessa Capitão Eugênio, na Massaranduba, em Salvador.

Conforme familiares de Netinho, Mirinha o flagrou dentro de casa com uma jovem de prenome Renata e, por isso, teria o agredido com pauladas e facadas. “Ela chegou da rua de manhã e viu a menina lá. Disse para ela [Renata] se sair, porque o problema era com ele”, afirmou Edmara Santos, cunhada da vítima.

Sob anonimato, uma mulher afirmou que Renata desobedeceu a ordem de Mirinha e presenciou o crime. Foi ela quem ajudou Netinho a sair de casa para procurar ajuda.

Ele foi levado ao Hospital Geral do Estado (HGE), onde morreu no início da tarde. Renata foi conduzida ao Departamento de Homicídios (DHPP)  para prestar esclarecimentos. (Informações: A Tarde)

  Categorias:

Comente a matéria

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.