Menor que teria sido jurado de morte por criminosos capixabas é assassinado com cinco tiros em Teixeira de Freitas

Menor que teria sido jurado de morte por criminosos capixabas é assassinado com cinco tiros em Teixeira de Freitas
12 dezembro 19:21 2015 Imprimir esta notícia

No início da tarde deste sábado, dia 12 de dezembro, por volta das 14h, a 87ª Companhia Independente da Polícia Militar de Teixeira de Freitas (CIPM), foi acionada pelo telefone 190, para que pudesse atender a uma ocorrência de homicídio, na rua Ágata, bairro Redenção. Chegando ao local uma guarnição comprovou a veracidade da informação e logo depois tratou de isolar o lugar onde estava o corpo, até a chegada da Polícia Civil e o Departamento de Polícia Técnica (DPT).

A vítima foi identificada como Luiz Guilherme Resende, de apenas 15 anos, oriundo de Posto da Mata, distrito de Nova Viçosa e que segundo os familiares, estaria residindo em Teixeira de Freitas há 20 dias. Próximo ao corpo os peritos Manuel Garrido e Pablo Bonjardim, responsáveis pela perícia de local, recolheram cápsulas de pistola calibre 380. Por volta das 16h saiu o resultado da necropsia, apontando que o adolescente foi executado com cinco disparos, sendo um no braço direito, possivelmente durante reação de defesa e quatro na cabeça, todos com orifícios de transfixação.

Segundo conseguiu apurar o delegado Gean Nascimento, responsável pelo plantão regional do final de semana na 8ª Coorpin de Teixeira de Freitas e que esteve no local do assassinato, o menor estava sentado em frente à casa onde morava, quando dois elementos aproximaram-se numa moto, de cor prata, que não teve a placa anotada, o carona desceu, efetuou os disparos à queima roupa e na sequência fugiram em alta velocidade.

Ainda segundo Nascimento, Luiz Guilherme tinha passagem por roubo em Ibirapuã, cidade onde o delegado é titular e na época em que fora apreendido, chegou a admitir que estaria sendo ameaçado de morte por criminosos do Espírito Santo, que agiriam no tráfico de drogas na Bahia. A polícia acredita que esse foi o motivo do menor ter se mudado para Teixeira de Freitas.

O inquérito que apura o crime, típico de execução, já foi instaurado pelo delegado Gean Nascimento e será repassado às mãos do também delegado Kleber Gonçalves, titular da Polícia Civil teixeirense. Agentes buscam obter imagens de algum circuito de vídeo que possa existir na rua onde aconteceu o crime, para tentar identificar a placa da motocicleta, já que pela fisionomia dos criminosos é impossível, já que os dois usavam capacetes. (Por Ronildo Brito e Tyago Ramos)

  Categorias:

Comente a matéria

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.