Mototaxista é encontrado morto em Porto Seguro

Mototaxista é encontrado morto em Porto Seguro
10 dezembro 17:23 2015 Imprimir esta notícia

O corpo do mototaxista José Augusto da Silva Dias, de 33 anos, foi encontrado por populares na manhã desta quinta-feira, dia 10 de dezembro, no bairro Parque Ecológico, em Porto Seguro. Ele estava desaparecido desde o fim da noite do dia anterior.

Policiais militares da 4ª CIA, do Batalhão de Porto Seguro (8º BPM), foram ao local e encontraram a vítima ainda com o capacete na cabeça e outro próximo ao corpo. A motocicleta teria sido vista por populares, mas quando a policia chegou, o veículo não foi mais encontrado.

Nos levantamentos preliminares da perícia de local, a cargo dos peritos do Departamento de Polícia Técnica de Porto Seguro (DPT), foi constatado que no corpo da vítima existiam marcas de golpes de faca.

Segundo a Associação de Mototaxistas de Porto Seguro, Augusto não tinha alvará e exercia a profissão clandestinamente.

O crime está sendo investigado pela Delegacia Territorial de Porto Seguro (DT). A primeira linha de investigação parte do princípio de latrocínio (roubo seguido de morte), mas nenhuma outra hipótese foi descartada até o momento. (Por Ronildo Brito / Foto: O Baianão)

  Categorias:

Comente a matéria

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.