Mototaxista e mais um morrem em grave acidente da BR-101, em Teixeira de Freitas; Fiat Uno explodiu

Mototaxista e mais um morrem em grave acidente da BR-101, em Teixeira de Freitas; Fiat Uno explodiu
13 setembro 22:02 2014 Imprimir esta notícia

Um grave acidente automobilístico envolvendo três veículos na noite desta sexta-feira (12), na saída de Teixeira de Freitas rumo ao município de Itamaraju, logo após a ponte sobre o Rio Itanhém, deixou o saldo tráfico de duas pessoas mortas, uma delas o mototaxista teixeirense Cleomárcio Ribeiro da Silva, que tinha em seu capacete o prefixo 110, que é o número usado pelos profissionais da área para sua identificação sobre qual ponto o mesmo pertence.

Agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) do Posto 3 de Teixeira de Freitas, chegaram rapidamente ao local e de acordo com a dinâmica do acidente, três veículos foram envolvidos no choque, sendo um Fiat Uno, que pegou fogo e explodiu, um HYUNDAI HB 20, placa OXD-1815, licenciado de Nanuque-MG., e a motocicleta Yamaha 150, de propriedade de Cleomárcio. O Uno saiu de Itamaraju e vinha para Teixeira de Freitas, enquanto o HB 20 e a motocicleta seguiam em sentido contrário.

O mototatista levava consigo um passageiro identificado como Eliomar Gonçalves de Oliveira, de 27 anos, morador do Distrito de Santo Antônio, quando fora surpreendido em sua mão de direção pelo um Fiat Uno desgovernado, que teria desviado de uma carreta que faria uma ultrapassagem proibida. Após atingir em cheio o mototaxista Cleomárcio e o seu passageiro Eliomar, o Uno ainda bateu no HB20, que era conduzido pelo bancário mineiro identificado pelo prenome de Sérgio e na sequência caiu na ribanceira e começou a pegar foto. Sérgio ia para a cidade de Porto Seguro.

Preso às ferragens e percebendo o fogo tomando conta do seu Fiat Uno, o motorista João Batista Portela, de 59 anos, começou a pedir socorro, momento que apareceram duas pessoas, sendo pai e filho residentes num pequeno sítio próximo de onde aconteceu o acidente, que mesmo sem conhecimento em primeiros socorros, retiraram-no do veículo. Na sequência o Uno explodiu.

Dos feridos, os mais graves foram justamente o mototaxista Cleomárcio Ribeiro da Silva e o seu passageiro Eliomar Gonçalves de Oliveira, que mesmo sendo socorridos pelo SAMU ao Hospital Municipal de Teixeira de Freitas (HMTF), acabaram não resistindo e vieram a óbito. Cleomácio teve sua perna esquerda esmagada dada à violência como foi atingido pelo Uno.

Os outros dois feridos, o bancário Sérgio, funcionário de uma agência bancária em Serra dos Aimorés-MG., e o condutor do Uno, João Batista Portela, de 59 anos, permanecem internados, mas não correm risco de morrer. (Por Ronildo Brito)

  Categorias: