Mucuri: Caso do pai acusado de dar bebida alcoólica a bebê de 1 ano repercute em nível estadual

Mucuri: Caso do pai acusado de dar bebida alcoólica a bebê de 1 ano repercute em nível estadual
Acusado foi ouvido e permanece preso à disposição da Justiça / Foto: LN
18 fevereiro 21:07 2019 Imprimir esta notícia

Repercutiu em toda imprensa baiana o caso de um homem preso neste último domingo, dia 17 de fevereiro, em Mucuri, acusado de dar bebida alcoólica ao filho de apenas um ano. O bebê foi socorrido à Unidade Municipal Materno Infantil de Teixeira de Freitas (UMMI), em estado considerado grave em virtude do coma alcoólico.

Cleciano de Souza Santos, de 26 anos, pai da criança, foi preso por policiais do 2º Pelotão da 89ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), que foram acionados para atender a ocorrência em que o acusado teria dado bebida alcoólica misturada com refrigerante a seu filho, que chegou a desmaiar em cima da cama.

Ao chegarem na rua Salvador, no bairro Brisa do Mar, os militares localizaram o suspeito. A companheira de Cleciano informou aos policiais que o suspeito teria dado várias doses da bebida misturada ao filho e que o bebê provavelmente teria entrado em coma alcoólico, por não conseguir acordar.

A vítima foi encaminhada à uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município, onde foi solicitada a transferência à UMMI em Teixeira de Freitas, visto que os sinais vitais do bebê estavam fracos.

A criança deu entrada na UMMI, ainda desacordada, mas com reação positiva dos sinais vitais.

Cleciano foi apresentado à 8ª Coorpin de Teixeira de Freitas. O delegado platonista, Charlton Fraga, ouviu os policiais, o conselheiro tutelar, a mãe da vítima e o suspeito. (Da redação TN)

  Categorias: