Mulher grávida é morta a pauladas em Posto da Mata

Mulher grávida é morta a pauladas em Posto da Mata
15 dezembro 19:00 2015 Imprimir esta notícia

Na manhã desta terça-feira, dia 15 de dezembro, por volta das 8h, o Pelotão da Polícia Militar de Posto da Mata, que é vinculado à 89ª Companhia Independente da Polícia Militar de Itabatã, unidade que possui base de atuação nos municípios de Mucuri e Nova Viçosa, foi acionado pelo telefone 190, por populares, que avistaram o corpo de uma mulher, com a saliência abdominal típica dos últimos meses de gravidez, numa construção abandonada, localizada à travessa Alto Bonito, no bairro Cajueiro.

De acordo com moradores de Posto da Mata, a mulher, que seria andarilha, teria sido morta a pauladas, tanto que junto ao corpo foi encontrado um pedaço de madeira com vestígios de sangue. Em seguida à descoberta o corpo da mulher acabou sendo removido ao Departamento de Polícia Técnica de Teixeira de Freitas (DPT), onde aguarda o reconhecido formal pela família, para que possa ser necropsiado.

Motivação e autoria do crime, que estão sendo investigadas pelo delegado Samuel Martins, titular de Nova Viçosa, seguem um mistério. (Por Ronildo Brito)

  Categorias:

Comente a matéria

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.