Paulo Câmara diz que votação fez aumentar seu compromisso com o extremo sul da Bahia

Paulo Câmara diz que votação fez aumentar seu compromisso com o extremo sul da Bahia
10 outubro 11:18 2018 Imprimir esta notícia

Eleito no último domingo (07/10), o 35º deputado estadual mais bem votado entre os 63 eleitos no estado da Bahia, Paulo Câmara (PSDB) disse que a votação recebida em Teixeira de Freitas e nas cidades circunvizinhas aumentou a sua responsabilidade com a região e o seu comprometimento com a demanda da população regional. Paulo Câmara que é considerado um político inovador e resolutivo, foi eleito para o seu primeiro mandato de deputado estadual com 55.881 votos.

Nos municípios do extremo sul baiano, ele conquistou mais de 3 mil votos, sob a liderança do seu maior aliado político na região, o vereador Agnaldo Teixeira Barbosa, o “Agnaldo da Saúde” (PR), atual presidente da Câmara Municipal de Teixeira de Freitas. Paulo Câmara foi votado em 20 dos 21 municípios do extremo sul, apenas em Belmonte ele não recebeu voto. Suas três maiores votações foram em Teixeira de Freitas, Itamaraju e Mucuri. Ao todo foram 3.212 votos e somente no município de Teixeira de Freitas foram 1.638 votos.

“Me sinto extremamente lisonjeado e recebo com reverência e consideração essa votação obtida pelo povo baiano que votou em mim pelas regras democráticas, pelas quais tanto luto. Agradeço, com muita honra e respeito aos baianos que confiaram em mim e renovo meu compromisso político com todas as regiões em que fui votado e, especialmente com o estado da Bahia. No extremo sul, devo externar meu fraternal agradecimento e lealdade ao meu amigo Agnaldo da Saúde, ao prefeito Temóteo Brito, ao meu amigo Dori Neves, aos vereadores Ronaldo Cordeiro, Itamar Siqueira e tantas outras lideranças importantes que abraçaram as nossas propostas na região”, disse Paulo Câmara.

Paulo Câmara atribui a expressiva votação aos trabalhos que realizou e que na condição de vereador de Salvador, aumentou ainda mais seus esforços com políticas públicas para a população ter melhor qualidade de vida na capital da Bahia. “Quando se investe na promoção humana, o resultado vem em seguida. Trabalhei muito pelas pessoas de Salvador, realizei projetos destinados ao crescimento profissional e intelectual das pessoas, para elas terem uma melhor qualidade de vida. Tive uma votação muito boa para quem nunca tinha se candidatado a deputado estadual. Isso me engrandece ainda mais em saber que mais de 55 mil pessoas acreditam em meu trabalho como parlamentar. Só tenho a agradecer e avisar que meu compromisso com esse eleitorado será ainda maior em proveito de toda a coletividade. O meu compromisso com o povo de Salvador vai perdurar até dezembro deste ano. Pelo estado pude fazer muito como secretário Nacional, mas em 1º de fevereiro, começa uma nova missão, agora de forma ampliada por toda à população da Bahia”, destacou.

Paulo Câmara ficou conhecido na região extremo sul a partir de novembro de 2017, quando esteve na cidade pela primeira vez a convite do presidente Agnaldo da Saúde e retornou em fevereiro de 2018 para liberar recursos na ordem de R$ 2,6 milhões para compra de máquinas agrícolas para zona rural de Teixeira de Freitas, por ocasião em que ocupava a titularidade da Secretaria Nacional de Assuntos Federativos da Presidência da República, em Brasília. A interlocução com a região foi boa e Paulo Câmara começou a liberar recursos para os municípios da região e num curto prazo de tempo liberou somente para Teixeira de Freitas expedientes exatos na ordem de R$ 15.096.442,00, além ainda de recursos na ordem de R$ 5,4 milhões para os municípios de Nova Viçosa, Medeiros Neto, Itamaraju, Itanhém, Vereda e Guaratinga.

Para Teixeira de Freitas foram 2,6 milhões para a compra de uma patrulha agrícola mecanizada composta de três tratores cabinados agrícolas, uma patrol, uma retroescavadeira, 9 casas de farinha, 10 poços artesianos, um viveiro agroflorestal, um quite completo automotor para o Conselho Tutelar, a liberação de 193 barracas para a agricultura familiar, uma ambulância, gabinetes odontológicos, aquisição e implantação do Centro de Tratamento de Radioterapia num custo de R$ 8 milhões e viabilizações de recursos para obras paralisadas. A implantação da Casa de Vegetação no valor de 250 mil. E benefícios outros para os setores agrícolas, assistência social, educação, infraestrutura e aportes para a saúde pública.

Paulo Sérgio de Sá Bittencourt Câmara, tem 45 anos, é economista de formação e já foi secretário de governo por duas ocasiões do município de Salvador, é atualmente vereador de 4º mandato no município de Salvador e já foi presidente da Câmara Municipal da Capital por duas vezes, e até o último mês de abril, ocupava em Brasília, a titularidade da Secretaria Nacional de Assuntos Federativos da Presidência da República, quando se desincompatibilizou do cargo para concorrer nas eleições deste ano, uma vaga na Assembleia Legislativa do Estado da Bahia, obtendo o devido êxito no último dia 7 de outubro. (Por Athylla Borborema)

  Categorias: