PM de Teixeira de Freitas recupera moto roubada em 2015; receptador é preso

PM de Teixeira de Freitas recupera moto roubada em 2015; receptador é preso
02 fevereiro 09:47 2016 Imprimir esta notícia

Na noite desta segunda-feira, dia 1º de fevereiro, por volta das 21h, policiais militares do 1º Pelotão, guarnição especializada da 87ª Companhia Independente da Polícia Militar de Teixeira de Freitas (CIPM), realizavam rondas de rotina no bairro Redenção e quando passavam na rua Josias Garcia, avistaram uma motocicleta, de placa GYY-5902, estacionada e ao seu lado, estava o proprietário.

Desconfiados os militares fizeram uma busca com base na placa do veículo através do sistema Sinesp, que permite o rastreamento através de um celular com acesso à internet, momento que descobriram tratar-se de produto com restrição de roubo. Segundo os policiais do 1º Pelotão a motocicleta fora tomada de assalto em 30 de agosto de 2015, no bairro Liberdade, na região sul de Teixeira de Freitas e na época, o autor do crime ainda roubou um aparelho celular da vítima.

O suposto dono da moto, morador da casa onde a mesma estava estacionada em frente, Henrique dos Santos Dias, de 19 anos, contou à polícia que adquiriu o veículo por R$ 1,6 mil em mãos de um homem conhecido por “Leninho”, antigo morador de Teixeira de Freitas e que hoje estaria residindo em Guriri, no município de São Mateus-ES.

Pouco tempo depois da descoberta, Henrique foi conduzido à sede da 8ª Coorpin e após prestar depoimento à delegada Maria Luíza Ribeiro, de plantão na unidade nesta segunda, dia 1º, terminou indiciado por receptação, de acordo com o Artigo 180, do Cógido Penal Brasileiro. Foi arbitrada uma fiança e após o valor ser pago, Henrique dos Santos Dias, de 19 anos, vai responder em liberdade. A moto está apreendida e será devolvida nos próximos dias ao proprietário. (Por Ronildo Brito e Tyago Ramos)

  Categorias:

Comente a matéria

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.