PM mata suspeitos que incendiaram carros para se vingar no interior da Bahia

PM mata suspeitos que incendiaram carros para se vingar no interior da Bahia
05 fevereiro 10:06 2016 Imprimir esta notícia

Dois homens identificados apenas como Gordo e Douglas foram mortos a tiros nesta quinta-feira, 4, na cidade de Irará (a 137 km de Salvador). Conforme informações do major Himério, comandante da 97ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM-Irará), Gordo e Douglas tombaram após trocarem tiros com os policiais.

Segundo o major, a dupla é suspeita de integrar o bando responsável por incendiar três carros, na última segunda, e outro carro, na última terça. Para ele, a ação de queimar carros foi uma represália dos criminosos à intensificação das rondas e abordagens realizadas pelos policiais durante a festa da padroeira da cidade, no último domingo.

O objetivo das rondas e abordagens é coibir as quadrilhas de tráfico de drogas e assaltantes de banco da cidade. Na quarta, 3, policiais flagraram Gordo e Douglas com outros comparsas dentro de um veículo Onix branco, no bairro Mangabeira.

Perseguição na mata

Os policiais tentaram abordar os suspeitos no carro, mas eles reagiram e atiraram contra os PMs, afirma o major. A perseguição aos suspeitos se prolongou durante a noite.

Os criminosos abandonaram o veículo e se meteram no meio da mata. Na manhã desta quinta, Gordo foi localizado na mata e acabou morto por agentes da 97ª CIPM. Com ele, foi achado uma pistola 9 mm. O major solicitou o reforço da Rondesp de Feira de Santana, que acabou detonando Douglas. Ele estava com um revólver 38.

Conforme o major Himério, Gordo é o matador da quadrilha liderada pelo traficante Neto, que está detido no Presídio de Serrinha. Os bandidos queimaram um Uno durante a fuga. (Informações: A Tarde)

  Categorias:

Comente a matéria

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.