Polícia apreende dois adolescentes suspeitos da morte do professor Romildo em Jucuruçu

Polícia apreende dois adolescentes suspeitos da morte do professor Romildo em Jucuruçu
20 outubro 12:22 2018 Imprimir esta notícia

Dois adolescentes, sendo um de 14 e o outro de 17 anos de idade, foram apreendidos nesta sexta-feira, dia 19 de outubro, numa propriedade rural próxima à sede do município de Guaratinga. Eles são suspeitos da morte do professor Romilson Oliveira Pereira, de 54 anos, assassinado a golpes de faca.

O crime aconteceu na Fazenda Boa Sorte, localizada na região do distrito de Monte Azul, interior do município de Jucuruçu e no corpo do educador foram constatadas marcas de violência. O corpo de “Cabelinho”, como o professor era mais conhecido, terminou removido ao IML de Itamaraju.

Desde o achado do corpo que as polícias Civil e Militar trabalham conjuntamente para esclarecer o assassinado. Segundo moradores da região, a vítima havia sido vista na quarta-feira (17), por volta das 19h30, a bordo de sua motocicleta, com uma mochila nas costas e corpo foi encontrado no início da tarde do dia seguinte.

Ainda de acordo com informações de moradores, o professor Romilson já havia dado aulas em Jucuruçu, mas ultimamente vinha ensinando em Guaratinga. Romilson Oliveira Pereira, o “Bai ou Cabelinho”, de 54 anos, era pertencente a uma família conhecida de Itanhém e além de Guaratinga, vinha dando aulas no município mineiro de Santo Antônio do Jacinto.

Informações preliminares dão conta que Romilson seria homossexual, mas ainda não foi confirmado se esse fato contribuiu para sua morte. No corpo da vítima foram observadas dilacerações em seus órgãos genitais, reforçando a hipótese de crime sexual.

Os dois adolescentes apreendidos estão à disposição do Ministério Público (MP). A polícia apreendeu uma faca de caça que pode ter sido usada no crime. (Da redação TN)

  Categorias: