Polícia Civil comemora 30 dias sem homicídio em Teixeira de Freitas

Polícia Civil comemora 30 dias sem homicídio em Teixeira de Freitas
Delegada Coordenadora Valéria Fonseca diz que o papel da Polícia Civil é devolver sempre a tranquilidade à população
28 dezembro 10:57 2018 Imprimir esta notícia

A diretora da 8ª Coordenadoria Regional da Polícia Civil de Teixeira de Freitas, delegada Valéria Fonseca Chaves, que no próximo dia 7 de janeiro de 2019, completará 2 anos comandando os destinos da 8ª Coorpin, assumiu a unidade em janeiro de 2017, após 17 anos sem a presença de uma mulher na sua direção, e tão logo assumiu a instituição com base circunscricional em 13 municípios do extremo sul baiano, definiu funções, criou equipes, montou núcleos estratégicos, trouxe novos delegados e agentes e elegeu o combate ao tráfico de drogas, elucidação de homicídios e a redução de crimes de mortes como bandeiras da sua gestão.

A delegada coordenadora Valéria Fonseca acaba de sair de férias e o delegado Robério Farias Reis ocupa o seu lugar interinamente. Ela deixou a unidade para o gozo das suas férias comemorando com sua equipe a redução dos crimes de homicídios nos últimos meses e a elucidação de 94% dos crimes ocorridos em 2018. O registro inédito para o histórico criminal da cidade, é que nesta sexta-feira, dia 28 de dezembro, completa 30 dias que o município de Teixeira de Freitas não registra nenhum assassinato em todo seu território.

A coordenadora Valéria Fonseca lembrou que últimos esforços que foram feitos pelo serviço de inteligência da Polícia Civil que contou com o essencial apoio operacional da Polícia Militar, através da 87ª Companhia Independente da Polícia Militar de Teixeira de Freitas, da CAEMA – Companhia de Ações Especiais da Mata Atlântica e da RONDESP depois de um longo planejamento estratégico para que uma extensa operação ocorresse entre os meses de outubro e novembro que culminou com diversas prisões, quedas de marginais e transferências de internos do presídio, tendo como resultado o restabelecimento da ordem e da paz da população.

“Nossa finalidade é trabalhar para o bem-estar da população regional e fortalecer ainda mais a Polícia Civil em prol de um estado sólido e de paz. Estamos trabalhando dia e noite para que o crime não reine e para coibir eventos delitivos nocivos à sociedade e, se por ventura ocorrer, vamos operacionalizar permanentemente para prender todos os culpados e devolver sempre a tranquilidade à população. Mais nossos esforços não seriam completos se não tivéssemos o importante e decisivo apoio da nossa festejada Polícia Militar, sobretudo, dos peritos do Departamento Regional da Polícia Técnica, do Ministério Público Estadual e do Poder Judiciário local. Unidos temos trabalhado em nome do estado guardião do extremo sul da Bahia”, disse a delegada coordenadora Valéria Fonseca. (Por Athylla Borborema)

  Categorias: