Polícia prende acusado de assassinar padrasto após engravidar sua enteada de 13 anos em Teixeira de Freitas

Polícia prende acusado de assassinar padrasto após engravidar sua enteada de 13 anos em Teixeira de Freitas
22 janeiro 11:05 2019 Imprimir esta notícia

Policiais do Pelotão de Emprego Tático Operacional (PETO), da 87ª Companhia Independente de Teixeira de Freitas (CIPM), prenderam Wesley Gonçalves dos Santos, de 20 anos de idade, acusado de assassinar Edson Rodrigues Balsantes, de 56 anos à época, crime ocorrido no dia 31 de maio de 2018, na porta da residência da vítima, no bairro Colina Verde, região norte da cidade.

O motivo do crime, segundo investigações do Núcleo de Homicídio e Tráfico (NHT), serviço especializado da 8ª Coorpin, fora pelo fato de Edson ser padrasto de uma menor de 13 anos, quem Wesley tinha engravidado. A vítima não estava aceitando o relacionamento, principalmente pelo fato da enteada ainda ser uma criança.

E no fim da tarde desta segunda-feira (21) os militares do PETO receberam uma informação dando conta que Wesley estava na casa do seu pai, na rua Alvorada, bairro Colina Verde, onde o mesmo foi localizado e preso.

Além da acusação de homicídio, Wesley Gonçalves dos Santos, de 20 anos, pode responder por estupro de vulnerável, já que na época que teria engravidado a menor, ela tinha apenas 13 anos de idade. Na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM), existe uma investigação aberta contra Wesley, por agressão à mãe da criança.

O mandado de prisão foi oficialmente cumprido pela delegada Andressa Carvalho, de plantão nesta segunda-feira (21), na Delegacia Territorial de Teixeira de Freitas (DT) e o inquérito do caso será concluído e remetido à justiça pelos delegados Manoel Andreeta e Bruno Ferrari, no NHT.

O assassinato

O comerciante Edson Rodrigues Balsantes, de 56 anos, morreu na manhã de terça-feira, dia 19 de junho de 2018, no Hospital Municipal de Teixeira de Freitas (HMTF), onde estava internado desde o dia 31 de maio, quando foi atingido por dois tiros na região do pescoço.

De acordo com informações, a vítima, era proprietária de um bar e estava em casa quando alguém o chamou do lado de fora do imóvel. Ao abrir a porta, Edson foi surpreendido por um homem armado, que realizou os disparos e fugiu em seguida, sem deixar pistas.

O comerciante era muito querido no bairro Colina Verde e sua morte chocou os moradores. (Da redação TN)

  Categorias: