Preço do diesel quase dobrou durante o governo Bolsonaro, aponta Dieese

Nos postos de combustíveis brasileiros, o preço do diesel aumentou em 96% durante o governo Bolsonaro, segundo levantamento do Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos), entidade criada e mantida pelo movimento sindical brasileiro.

Preço do diesel quase dobrou durante o governo Bolsonaro, aponta Dieese

Na última quinta-feira (5/5), o presidente Jair Bolsonaro (PL) usou as redes sociais para criticar a Petrobras e os preços dos combustíveis. Bolsonaro chamou o lucro obtido pela empresa (R$ 44,5 bilhões no primeiro trimestre) de “estupro” e afirmou que a empresa não poderia mais aumentar o preço, ou “quebraria o Brasil”.

Uma mudança foi aprovada poucos dias depois, e entra em vigor nesta terça-feira (10/5), após a Petrobras anunciar o aumento do preço do diesel em 8,87%, o que significa uma mudança de 40 centavos no litro do combustível — de R$ 4,51 para R$ 4,91.

Diferentemente da gasolina — que teve alta de 67% nos anos do governo — a população não sente o efeito imediato logo após os anúncios de alta, já que a maioria das pessoas não usa utiliza o diesel para abastecer seus veículos.

Ônibus da dupla Conrado & Aleksandro sofreu mais de 180 multas - maioria por excesso de velocidade

Ônibus da dupla Conrado & Aleksandro sofreu mais de 180 multas – maioria por excesso de velocidade

Acusado de furtar posto de saúde e escola é preso com armas e simulacro em assentamento de Mucuri

Acusado de furtar posto de saúde e escola é preso com armas e simulacro em assentamento de Mucuri