Presa em Teixeira de Freitas a dupla acusada de assaltar joalheria em Posto da Mata

Presa em Teixeira de Freitas a dupla acusada de assaltar joalheria em Posto da Mata
31 outubro 19:36 2018 Imprimir esta notícia

Policiais do Pelotão de Emprego Tático Operacional (PETO) da 87ª Companhia Independente de Teixeira de Freitas (CIPM), receberam informações sobre um assalto numa joalheria, em Posto da Mata, distrito Nova Viçosa, sendo passadas às características da motocicleta de modelo Honda Titan, de cor preta e placa policial JSJ-3802, usada no crime. Ao ser pesquisado no Sistema de Integrado de Informações Veicular das Forças Policiais, foi identificado o endereço e o nome do proprietário do referido veículo, quando a guarnição saiu em diligência.

O proprietário da moto foi localizado na Rua 7, no Residencial Santos Guimarães, região do bairro Colina Verde, região norte de Teixeira de Freitas. No momento que chegaram à casa onde estava o suspeito, encontraram também a moto usada no assalto.

Ao ser questionado sobre a questão da motociclieta ter sido usada no assalto, o proprietário disse que no horário citado do assalto, a motocicleta estaria emprestada para um vizinho que teria pedido para ir resolver algo pessoal e indicou a casa do referido vizinho. Quando os policiais fizeram um cerco e ao chamar o suspeito, ele abriu a porta e não teve como fugir com o seu comparsa, os quais estavam juntos, separando os objetos roubados.

André Alves Santos e Rodrigo da Silva Anacleto, ambos de 25 anos, receberam voz de prisão e foram conduzidos à Delegacia Territorial de Teixeira de Freitas, juntamente com os materiais subtraídos da joalheria, bem como a moto e a arma utilizada no assalto, um revólver de marca Taurus, de calibre 38, que não estava municiado.

joalheriad1No total foram recuperados 43 anéis, 26 correntes, 08 pingentes, todos de ouro, 10 relógios de várias marcas, 03 aparelhos celulares, um canivete e o valor em espécie de R$ 25,00.

O delegado Júlio César Telles, após as oitivas dos policiais, do empresário proprietário do referido estabelecimento comercial, e dos conduzidos, flagranteou os dois acusados por roubo qualificado e determinou a condução dos mesmos à carceragem da 8ª Coorpin, onde permanecem à disposição da Justiça. Os objetos roubados foram devolvidos ao comerciante. (Da redação TN)

  Categorias: