Quarto suspeito da morte de cantora gospel Sara Mariano se entrega à polícia

O quarto suspeito de envolvimento na morte da pastora e cantora gospel Sara Mariano, Victor Gabriel, se entregou à polícia na noite desta terça-feira, 21 de novembro, em Camaçari, Região Metropolitana de Salvador.

Quarto suspeito da morte de cantora gospel Sara Mariano se entrega à polícia

Investigado pela 25ª Delegacia Territorial (DT/Dias D’Ávila), a polícia diz que ele teve participação tanto no homicídio da artista quanto na ocultação de seu cadáver, conforme apontou a apuração do caso

O titular da 25ª DT, delegado Euvaldo Costa, destacou ao jornal A Tarde que as investigações deixaram clara a participação de cada um dos suspeitos. “O homem preso hoje teve participação tanto na execução quanto na tentativa de omitir provas”, detalhou.

Após a realização dos exames de lesões corporais de praxe, o suspeito capturado nesta terça-feira (21), já está à disposição do Poder Judiciário.

Participação

Em seu depoimento prestado na última quinta-feira, 16, Victor detalhou que participou do crime segurando as mãos de Sara para que o bispo Zodaque a esfaqueasse. O jovem recebeu R$ 500 para fazer parte do plano, que segundo ele, foi encabeçado pelo marido da vítima, o pastor Ederlan Mariano. Já Gideão Duarte, foi responsável pelo transporte de Sara até o local da sua morte.

Agora, já são quatro pessoas presas suspeitas de participação. Ederlan, Gideão e Bispo Zodaque já estão no complexo Penitenciária da Mata Escura, em Salvador.

Polícia prende mulher e recupera notebooks roubados e apreende duas motos com restrições em Teixeira de Freitas

Polícia prende mulher e recupera notebooks roubados e apreende duas motos com restrições em Teixeira de Freitas

Prefeitura de Eunápolis realiza treinamento para entidades e faculdades em resposta a situações de risco

Prefeitura de Eunápolis realiza treinamento para entidades e faculdades em resposta a situações de risco