Rui corre contra o tempo e tenta segurar Pinheiro no PT

Rui corre contra o tempo e tenta segurar Pinheiro no PT
03 março 10:03 2016 Imprimir esta notícia

As duas principais lideranças do PT na Bahia, o governador Rui Costa e o ministro da Casa Civil Jaques Wagner, vão unir forças, nesta quinta-feira, 3, em Brasília, para tentar convencer o senador Walter Pinheiro a não deixar o partido, do qual é filiado há quase 30 anos. Rui e Wagner correm contra o tempo, porque 2 de abril é o prazo limite de troca partidária para aqueles que desejam disputar a eleição de outubro.

O encontro de Pinheiro com Rui e Wagner foi confirmado, ontem, pelo senador Otto Alencar (PSD), que serviu de intermediário do convite ao senador petista.

Pinheiro vem enfrentando grande desgaste no PT desde a eleição passada e tem sido  uma voz crítica do governo da presidente Dilma Rousseff no Senado e se posicionado contra medidas do ajuste fiscal e a volta da CPMF.

Mas o PT quer evitar prejuízos maiores. O partido está com a imagem em baixa, não tem um nome com potencial eleitoral para concorrer a prefeitura de Salvador, e se deu conta do ônus de perder um dos seus principais quadros políticos em âmbito nacional.

Procurado, o secretário de Relações Institucionais do governo da Bahia, Josias Gomes, disse que Pinheiro é “grande quadro do partido”  e que uma eventual saída dele do PT não vai significar ruptura.

“Ele pode até mudar de casa, mas não mudará de lado da rua”, afirmou Gomes. “Pode ir para o PSD, PSB ou outra legenda, mas estará com a gente”, disse ele.

Nos meios políticos é dada como certo a ida de Pinheiro para o PSD. O senador Otto Alencar (PSD), que preside a legenda na Bahia, nega que esteja atraindo o senador para o partido.

“Seria pouco inteligente da minha parte brigar com um aliado como o PT”, garantiu,  afirmando que só falará em filiação de Pinheiro caso ele se desfilie, de fato, do PT. (Informações: A Tarde)

  Categorias:

Comente a matéria

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.