Secretaria de Agricultura de Teixeira de Freitas implanta novas tecnologias em unidade demonstrativa de mandiocultura

Secretaria de Agricultura de Teixeira de Freitas implanta novas tecnologias em unidade demonstrativa de mandiocultura
18 fevereiro 20:49 2019 Imprimir esta notícia

Técnicos da secretaria de Agricultura de Teixeira de Freitas, em parceria com a Polímata (equipe técnica da Suzano S.A), realizaram, na última quinta-feira (14), uma visita técnica na Área Demonstrativa da Comunidade Arara, na zona rural do município.

O objetivo foi ensinar as técnicas de adubação foliar com a utilização de manipueira (líquido extraído da mandioca quando ela é prensada no processo de fabricação da farinha), como dosagem e modo de aplicação.

A visita faz parte do Plano de Ação do Território Extremo Sul da Mandicultura, que visa mobilizar o crescimento econômico regional através das áreas demonstrativas e maniveiros, que funcionam como modelo para aplicação das técnicas e capacitação dos produtores.

O técnico da secretaria de Agricultura, Kaká Farias, explica que a adubação foliar tem a vantagem de ter uma absorção maior pela planta de nutrientes pouco móvel, como o cálcio e fósforo e salienta a importância de trabalhar em parceria com empresas privadas. “No que diz respeito a levar tecnologia e informação ao produtor da agricultura familiar, as parcerias dão muito certo e, juntos, poder público e privado, podem contribuir para o desenvolvimento da região”.

O engenheiro agrônomo, Leandro Rocha, diz que como se trata de uma adubação orgânica, a manipueira não é nociva e não traz malefícios à saúde humana, assim não há necessidade de uso de EPI.

“A água de manipueira provoca danos ambientais se não for usada corretamente. Por isso, é fundamental que os produtores recebam treinamento para aplicar as técnicas corretamente, pois esta água é um produto de adubação que melhora a produção e diminui os custos do cultivo”, explicou Augusto Machado, coordenador da Polímata Soluções Agrícolas e Ambientais,

A Mandiocultura vem chamando a atenção de investidores, que acreditam na força do campo e sua produção para elevar a economia do município. (Da redação TN)

  Categorias: