Selvageria marca o Sábado de Aleluia no trânsito de Teixeira de Freitas

A noite do Sábado de Aleluia, 16 de abril, foi marcada por um clima de selvageria em Teixeira de Freitas e terminou com duas pessoas atropeladas, três baleadas e uma morta.

Selvageria marca o Sábado de Aleluia no trânsito de Teixeira de Freitas

Por volta das 20h, Raunis Carlos dos Santos, funcionário da Secretaria Municipal de Planejamento da Prefeitura de Teixeira de Freitas, atropelou os irmãos Nicola Oliveira Carvalho, de 25 anos e um menor de 13 anos de idade, caso ocorrido na avenida Getúlio Vargas, próximo ao Posto Gef.

Os irmãos trafegavam em uma moto quando foram atropelados por Raunis, que vinha fugindo de uma perseguição de dois elementos abordo de um outro carro, após uma confusão em um bar e após o atropelamento, o servidor teria fugido sem prestar socorro às vítimas. Os irmãos foram socorridos ao hospital e o menor apresentava fratura exposta.

Pouco adiante, na região de uma rotatória, na mesma Avenida Presidente Getúlio Vargas, ainda no centro da cidade, Raunis, que estaria apresentando sinais de embriaguez, perdeu o controle da direção do cargo, que rodou na pista e capotou. No local existe um ponto de mototaxistas.

Vídeos que circularam nas redes sociais mostram populares exaltados retirando o condutor do interior do veículo e alguns o agredindo. Neste momento chega ao local um homem afirmando que Raunis havia atropelado e matado uma criança.

A informação sobre a suposta morte foi o estopim para que um homem que já lhe perseguia desde o bar, aproveitasse o tumulto e sacasse uma arma de fogo e começasse a atirar. 7 tiros foram disparados em direção a vítima. Além de Raunis, que acabou morrendo, outras duas pessoas, um idoso e um mototaxista, acabaram atingidos e foram socorridos ao Hospital Municipal de Teixeira de Freitas (HMTF).

O idoso, de 64 anos, foi atingido no pescoço e o seu estado de saúde foi considerado delicado. Já o mototaxista foi alvejado numa das mãos e não corre o risco de morrer.

A Polícia Civil de Teixeira de Freitas, liderada pela delegada Valéria Fonseca Chaves, abriu inquérito policial para investigar o caso. As imagens de circulam em grupos de WhatsApp podem ajudar na identificação dos agressores e até do assassino.

Selvageria marca o Sábado de Aleluia no trânsito de Teixeira de Freitas

Tiroteio em prédio termina com um morto e outro baleado no centro de Teixeira de Freitas

Selvageria marca o Sábado de Aleluia no trânsito de Teixeira de Freitas

Jovem é assassinado na cidade do Prado; polícia investiga