Sem condição emocional, mãe de adolescente morta por R$ 15 não presta depoimento

Sem condição emocional, mãe de adolescente morta por R$ 15 não presta depoimento
23 fevereiro 10:41 2016 Imprimir esta notícia

A cuidadora Cristina Batista Silva, mãe da adolescente Ingrid Lima dos Santos, 15 anos, não teve condições emocionais de prestar depoimento, que estava marcado para esta segunda-feira (22) no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Ainda não há nova previsão de quando ela será ouvida.

Ingrid foi morta a facadas no último sábado em Jardim Cajazeiras. A suspeita, a vizinha Aline Alves, 24 anos, continua foragida.  A ajudante de cozinha Danila Lima dos Santos, 21 anos, irmã de Ingrid, diz que Aline era considerada uma pessoa da família. “Foi todo mundo criado junto. Ingrid ia para o bar do pai em Cajazeiras X com Aline, iam para a praia juntas. Até a foto anterior do WhatsApp de Ingrid era dela com Aline. Ela (Aline) foi o Judas da família. Ninguém esperava isso dela”, afirmou Danila.

Segundo a polícia, a adolescente foi morta por causa de uma dívida de R$ 15, valor referente a três capas para celular que teria negociado com Aline. Um morador, que não quis se identificar, disse que, no dia do crime, estava acontecendo uma festa na rua e algumas pessoas estavam bebendo, inclusive Aline. “Ela passou o dia amolando a faca e depois já desceu com ela na cintura. Certamente, já sabia o que queria fazer”, comentou.

Dois tios da vítima que presenciaram o crime foram ouvidos ontem: Luciana Batista Lima e o marido dela, Deraldo Barreto da Silva. O pai da acusada pelo crime teria sido casado durante dois anos com a mãe de Ingrid. A relação teria acabado, mas as famílias permaneceram amigas. (Correio)

  Categorias:

Comente a matéria

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.