Suposto uso político de rádio causa briga entre vereador de Salvador e radialista Lucas Bocão

Suposto uso político de rádio causa briga entre vereador de Salvador e radialista Lucas Bocão
05 novembro 13:00 2015 Imprimir esta notícia

O radialista Lucas Bocão, um dos líderes em audiência do rádio teixeirenese, acusou o líder do governo ACM Neto na Câmara de Vereadores de Salvador, Joceval Rodrigues (PPS), de vir para Teixeira de Freitas, com o intuito de intimidá-lo e ameaçá-lo. “Ele saiu de Salvador com seguranças e dois advogados usando a estrutura da Câmara de Vereadores de Salvador. Está envolvido num processo para prejudicar o deputado federal Uldurico Júnior (PTC), do qual ele é suplente”, relatou Bocão, durante participação na Rádio Metrópole, nesta quarta-feira (4).

O processo diz respeito a uma suposta utilização da família Pinto, de meios de comunicação para chegar e se manter no poder. Em contato com a Metrópole, Joceval Rodrigues afirmou que estava na cidade de Eunápolis, participando de uma audiência pública, e negou que tenha se utilizado do poder público para intimidar alguém. Segundo ele, o que existe é um processo entre as duas partes, cujos custos judiciais são pagos pelo próprio Joceval. “Eu sou protegido pelo Espírito Santo e esses seguranças e advogados estão sendo pagos por mim, não estou utilizando a estrutura da Câmara. Sobre o processo, prefiro não falar”, disse.

Por sua vez o site Varela Notícias, editado pelo apresentador Raimundo Varela, publicou: -O vereador Joceval Rodrigues (PPS) está envolvido em uma grande confusão. O edil de Salvador teria se deslocado a Teixeira de Freitas com seguranças e advogados para ameaçar Lucas Bocão, radialista e pré-candidato à Prefeitura da cidade, de acordo com o próprio radialista.

Atualmente o edil move um processo contra Lucas Bocão e o deputado federal Uldurico Jr. (PTC), de quem é suplente, por supostamente  terem utilizado rádios locais para favorecerem campanhas, o que é crime eleitoral.

Em contato com o Varela Notícias, a assessoria de imprensa de Joceval desmentiu a informação de seguranças, acrescentando que ele levou apenas advogados para a cidade de Teixeira de Freitas. (Da redação TN)

  Categorias: